icons.title signature.placeholder Rodrigo Vessoni
10/06/2014
13:21

O prejuízo financeiro durante a Copa das Confederações não foi esquecido por comerciantes que trabalham na região do Mineirão. Prova disso é a estrutura que boa parte deles monta neste momento para evitar atos de vandalismo durante protestos durante a Copa do Mundo.

Concessionárias, bancos e lojas construíram (ou ainda constrõem) verdadeiros 'bunkers' antiprotesto com paineis de alumínio e até ferro na parte da frente. A proteção mais reforçada é de uma marca de carros que é patrocinadora oficial da Fifa e da Copa do Mundo. Durante a Copa das Confederações, a concessionária que fica mais próxima ao Mineirão foi totalmente destruída, com enorme prejuízo financeiro.

Para evitar que as pessoas enxerguem aquilo como um obstáculo e/ou acreditem que o estabelecimento está fechado, todos colocaram faixas com dizeres 'Estamos funcionando normalmente'. A intenção é deixar claro que, apesar da improvisação, todos os serviços e produtos estão à disposição normalmente.

Vale lembrar que, durante os jogos de junho do ano passado, o popular e tradicional perímetro Fifa evitou qualquer problema no entorno do Mineirão que, teve ruas fechadas e forte esquema policial num raio de quase três quilômetros. O mesmo acontecerá na Copa do Mundo.

No Mundial, a cidade de Belo Horizonte será palco dos seguintes jogos:

Colômbia x Grécia - Sábado 14/6 - 13h
Bélgica x Argélia - Terça 17/6 - 13h
Argentina x Irã - Sábado 21/6 - 13h
Costa Rica x Inglaterra - Terça 24/6 - 13h
Oitavas de final - 28/06 - 13h (Vencedor do grupo do Brasil (A) contra o segundo lugar do grupo (B))
Semifinal - 8/7 - 17h