icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/08/2015
10:00

– Nunca é bom perder um clássico, mas não vou fazer uma bola de neve.

Assim Cássio definiu o atual momento do Corinthians, líder do Brasileirão, mas em desvantagem nas oitavas de final da Copa do Brasil. Apesar da recente derrota por 2 a 0 para o Santos, na Vila Belmiro, pelo torneio mata-mata, o goleiro do Timão afirmou o compromisso de "virar a chave" e focar, ao menos até domingo, na partida contra o Cruzeiro, em Itaquera, pelo Campeonato Brasileiro. Questionado se o elenco sentirá dificuldade em "esquecer" o Peixe para encarar a Raposa, o camisa 12 destacou a filosofia do técnico Tite:

– Tendo o treinador que temos, não. O Tite trabalha muito isso. Nós jogadores, depois do jogo, falamos que tínhamos o jogo contra o Santos só na outra quarta e que tínhamos jogo complicado contra o Cruzeiro. Trabalhamos muito para chegar na liderença, então não podemos deixar escapar agora. É pensar no domingo, somos líderes do Campeonato – afirmou, lembrando a primeira posição ostentada pelo Corinthians na competição de pontos corridos.

– Eu consigo separar (cabeça de Copa do Brasil e de Campeonato Brasileiro). A maioria consegue. Tem muitos jogadores que vieram de clubes outros, têm experiência, sabem separar bem. A partir de hoje deixamos a Copa do Brasil de lado. Conseguimos abrir vantagem no Brasileirão, não podemos achar que uma derrota vai fazer nós estarmos todos errados. Se queremos título, temos de vencer em casa, domingo tem jogo muito importante contra o Cruzeiro – completou.

Passado o jogo contra o Cruzeiro, no entanto, o foco do Timão voltará a ser o Santos, afirmou Cássio. Questionado sobre a grande atuação do santista Lucas Lima no duelo de ida, o goleiro elogiou o rival, mas disse confiar numa vitória do Corinthians frente ao Peixe e mostrou otimismo na busca pelos títulos de Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil.

– Outras vezes que jogamos contra o Santos ele não criou tanto. Fizemos um primeiro tempo bem abaixo. Quando tomamos o segundo gol, estávamos melhores. Aí perdemos a partida. Mas ele é um jogador de muita qualidade, sabemos disso. Mas temos condições de anulá-lo. Com todo o respeito ao Santos, mas temos totais condições de reverter esse resultado no nosso estádio – declarou.

– Temos chances de chegar nos dois ainda. Temos de pensar positivo. Temos chances de ser campeões. Somos líderes no Brasileiro. Dá pra ser campeão dos dois – analisou.

Vale lembrar que Cássio, multicampeão pelo Corinthians, ainda não levantou justamente os canecos de Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. Todos os outros que disputou pelo Timão, sagrou-se campeão pelo menos uma vez: Libertadores (2012), Mundial de Clubes (2012), Campeonato Paulista (2013) e Recopa Sul-Americana (2013). O arqueiro chegou à equipe do Parque São Jorge no início de 2012.

– Nunca é bom perder um clássico, mas não vou fazer uma bola de neve.

Assim Cássio definiu o atual momento do Corinthians, líder do Brasileirão, mas em desvantagem nas oitavas de final da Copa do Brasil. Apesar da recente derrota por 2 a 0 para o Santos, na Vila Belmiro, pelo torneio mata-mata, o goleiro do Timão afirmou o compromisso de "virar a chave" e focar, ao menos até domingo, na partida contra o Cruzeiro, em Itaquera, pelo Campeonato Brasileiro. Questionado se o elenco sentirá dificuldade em "esquecer" o Peixe para encarar a Raposa, o camisa 12 destacou a filosofia do técnico Tite:

– Tendo o treinador que temos, não. O Tite trabalha muito isso. Nós jogadores, depois do jogo, falamos que tínhamos o jogo contra o Santos só na outra quarta e que tínhamos jogo complicado contra o Cruzeiro. Trabalhamos muito para chegar na liderença, então não podemos deixar escapar agora. É pensar no domingo, somos líderes do Campeonato – afirmou, lembrando a primeira posição ostentada pelo Corinthians na competição de pontos corridos.

– Eu consigo separar (cabeça de Copa do Brasil e de Campeonato Brasileiro). A maioria consegue. Tem muitos jogadores que vieram de clubes outros, têm experiência, sabem separar bem. A partir de hoje deixamos a Copa do Brasil de lado. Conseguimos abrir vantagem no Brasileirão, não podemos achar que uma derrota vai fazer nós estarmos todos errados. Se queremos título, temos de vencer em casa, domingo tem jogo muito importante contra o Cruzeiro – completou.

Passado o jogo contra o Cruzeiro, no entanto, o foco do Timão voltará a ser o Santos, afirmou Cássio. Questionado sobre a grande atuação do santista Lucas Lima no duelo de ida, o goleiro elogiou o rival, mas disse confiar numa vitória do Corinthians frente ao Peixe e mostrou otimismo na busca pelos títulos de Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil.

– Outras vezes que jogamos contra o Santos ele não criou tanto. Fizemos um primeiro tempo bem abaixo. Quando tomamos o segundo gol, estávamos melhores. Aí perdemos a partida. Mas ele é um jogador de muita qualidade, sabemos disso. Mas temos condições de anulá-lo. Com todo o respeito ao Santos, mas temos totais condições de reverter esse resultado no nosso estádio – declarou.

– Temos chances de chegar nos dois ainda. Temos de pensar positivo. Temos chances de ser campeões. Somos líderes no Brasileiro. Dá pra ser campeão dos dois – analisou.

Vale lembrar que Cássio, multicampeão pelo Corinthians, ainda não levantou justamente os canecos de Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. Todos os outros que disputou pelo Timão, sagrou-se campeão pelo menos uma vez: Libertadores (2012), Mundial de Clubes (2012), Campeonato Paulista (2013) e Recopa Sul-Americana (2013). O arqueiro chegou à equipe do Parque São Jorge no início de 2012.