icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/11/2013
12:34

No primeiro turno, o Fluminense encarou o Atlético-MG com certa descrença por parte da torcida. Luxemburgo, então técnico na época, fez algumas mudanças no time, surpreendendo a todos, e o Tricolor conseguiu arrancar um empate no Independência. Um dos destaques do time naquele jogo foi o meia Wágner, que costuma dar sorte contra o Galo, rival nos tempos em que defendeu América-MG e Cruzeiro.

- Tomara que eu mantenha essa escrita agora. Mas antes de marcar um gol, eu espero fazer um bom jogo. Se não der para fazer o gol, quero dar minha contribuição marcando, jogando bem, dando passes. Quero ajudar o time a sair com a vitória e tirar o Fluminense deste momento ruim que vem passando - disse.

E MAIS
- Diego Cavalieri corta o dedo, mas deve ser confirmado contra o Atlético-MG
- Após atuação irreconhecível, Flu liga sinal de alerta nas Laranjeiras

O jogador também lembrou o apoio da torcida nas duas últimas partidas do time no Maracanã, quando o Flu venceu Náutico e São Paulo, e ressaltou que a presença em bom número dos torcedores será fundamental para empurrar o time em busca de uma vitória que pode livrar a equipe do rebaixamento.

- Com o apoio da torcida, nós vínhamos fazendo a diferença dentro de casa. Acredito que vamos fazer uma partida ainda melhor do que foi contra São Paulo e Náutico. Colocando tudo isso em campo, acredito que a torcida vai ser o espelho, nosso apoio - pediu.

O Fluminense encara o Atlético-MG no próximo sábado, às 19h30, no Maracanã. Dependendo da combinação de resultados, um empate ou derrota do Tricolor pode fazer a equipe terminar a rodada entre os quatro últimos colocados na tabela de classificação.