icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/02/2015
15:16

Enquanto o Real Madrid é o clube mais rico do mundo, a Premier League segue sendo a mina de ouro do futebol. De acordo com estudo da empresa Deloitte, os clubes da Terra da Rainha gastaram 950 milhões de libras (cerca de R$ 3,85 bilhões) na temporada, nas duas últimas janelas de transferências.

A esse montante, a janela de janeiro adicionou 130 milhões de libras ((R$ 526,5 milhões). O que mais surpreende é que 45 milhões de libras foram apenas nesta segunda-feira, último dia do período de contratações.

E MAIS
- Presidente do Barça é convocado para responder por fraude no 'caso Neymar'
- Veterano italiano pode ser o próximo astro a jogar nos Estados Unidos

O mercado não foi tão aquecido para os clubes italianos nesta virada de ano. Os times do Calcio movimentaram cerca de 50% a menos nesta janela. Na Espanha e Alemanha, o dinheiro envolvido foi de 40% a menos.

Na temporada, o recordista em 'investimento' foi o Manchester United, segundo time mais rico do mundo. Os Red Devils gastaram 150 milhões de libras (R$ 607,5 milhões). Nesta última janela, contudo, o destaque fica por conta da contratação Bony, cujo valor pago pelo Manchester City foi de 28 milhões de libras (R$ 113,4 milhões), e Cuadrado, adquirido pelo Chelsea por 24,8 milhões de libras (R$ 100,4 milhões).