icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
07/02/2015
23:12

A ADCF Unimed/Americana deu sequencia ao bom momento ao derrotar o Basketball Santo André/APABA, por 95 a 62 (48 a 25 no primeiro tempo), atuando no ginásio Centro Cívico, em Americana. Com o resultado positivo, a equipe de Americana segue no terceiro lugar, somando 21 pontos, em 11 partidas (10 vitórias e 1 derrota), atrás do São José (que em 13 jogos) e na cola do América-PE, que ao ser derrotado por 80 a 78 pelo São José, fechou a rodada com 11 vitórias e uma derrota (23 pontos). Na LBF, o vencedor ganha  dois pontos e o perdedor, um ponto.

Já a agremiação de Santo André ocupa a sétima colocação, com 15 pontos, em 11 jogos disputados (4 vitórias e 7 derrotas).

As atletas mais efetivas foram Clarissa dos Santos (14 pontos, 11 rebotes e 3 assistências – double-double), a cubana Ariadna Felipe (14 pontos e 4 assistências) e Gil Justino (14 pontos e 5 rebotes), pelo time do Interior; Flavia Luiza (22 pontos, 5 rebotes e 4 assistências), Jaqueline Silvestre (11 pontos) e Tássia Carcavalli (11 pontos), em favor da equipe do Grande ABC.

O time da casa foi senhor absoluto das ações, conseguindo uma boa vantagem já no quarto inicial e mantendo o mesmo ritmo nos períodos seguintes, mantendo o comando do marcador até o final.

E MAIS:
> Veja como foi a derrota do América-PE para  o São José

- Jogamos um basquete de primeira, completo. Ficamos muito próximos daquilo que buscamos e vimos em quadra o verdadeiro time de Americana, o que deixa a comissão técnica, as jogadoras e a torcida todos muito felizes, analisa o técnico Antônio Carlos Vendramini, da ADCF Unimed/Americana.

 

Primeira do Jaraguá

O Basquete Jaraguá conquistou a primeira vitória na Liga de Basquete feminino (LBF) – 2014/15 ao derrotar a APAB/Unifeb Barretos, por 80 a 78, no tempo extra, depois do empate de 72 pontos no tempo normal (40 a 30 no primeiro tempo), em partida disputada no ginásio Novo Arthur Müller, na cidade de Jaraguá do Sul (SC).

A partida foi bastante equilibrada e extremamente disputada, com as duas equipes lutando pelo resultado positivo. O representante de Santa Catarina foi melhor no primeiro tempo, enquanto que a equipe paulista reagiu e deixou tudo igual nos dois períodos seguintes. Já na prorrogação, empurrado pela sua participativa torcida, o Basquete Jaraguá conseguiu um melhor rendimento e garantiu a vitória.

Os principais nomes do jogo foram a cubana Yuli Cruz (21 pontos e 18 rebotes – double-double) e a argentina Sthefany Thomas (19 pontos, 5 rebotes e 1 assistência), pelo time da casa; a norte-americana Chloe Wells (23 pontos, 6 rebotes e 1 assistência) e Maila Cicciardi (17 pontos, 4 rebotes e 4 assistências), em favor do visitante.

Com a vitória, o time comandado pelo técnico Júlio Patrício chegou aos 13 pontos, em doze jogos realizados (1 vitória e 11 derrotas), seguindo na décima colocação na classificação geral. Já o representante de Barretos aparece no sexto lugar, com 15 pontos, em 11 partidas disputadas (4 vitórias e 7 derrotas).