Andy Murray no US Open

Andy Murray (Foto: USTA)

TÊNIS NEWS
05/10/2016
10:28
PEQUIM (CHN)

O britânico Andy Murray, vice-líder do ranking mundial, venceu, na manhã desta quarta-feira, o russo Andrey Kuznetsov, 45º da ATP, por 6/2 e 6/1, em 1h16, e avançou às quartas de final do ATP 500 de Pequim, jogado em quadras duras e que distribui US$2,9 milhões em prêmios.

Na próxima fase, ele enfrentará o compatriota Kyle Edmund, 54º colocado e revelação do tênis britânico, que surpreendeu o espanhol Roberto Bautista Agut, 18º e 7º favorito, por 6/4, 4/6 e 6/4.

A partida foi estranha, principalmente pelo fato de Andrey Kuznetsov ter perdido todos os seus games de saque. Murray, que cometeu cinco duplas faltas e disparou quatro aces, esteve longe de apresentar seu melhor tênis, mas o nível apresentado foi suficiente. Ele começou começou perdendo o serviço após abrir 40/15, e a instabilidade demonstrada na abertura do duelo jamais o abandonaria nesta quarta. Apesar de recuperar a quebra e logo tomar a dianteira, o campeão de Wimbledon não conseguiu abrir grande vantagem, perdendo novamente seu game em 3/1. Kuznetsov, que entrou com a transparente estratégia de controlar os pontos e ser muito agressivo, visando não deixar o rival jogar, ia gradativamente cometendo mais e mais erros, e a tática começou a não mais surtir efeito. Com mais duas quebras de saque, a última em dupla falta de Andrey, o escocês fez 6/2 em 49 minutos.

O segundo set foi uma versão mais fácil do primeiro. O bicampeão olímpico fez 2/0, perdeu seu serviço pela terceira vez e depois não cedeu mais games, sendo, é claro, bastante ajudado pela inoperância do oponente no saque. Em apenas 27 minutos de parcial, a fatura estava liquidada.