Novak Djokovic

Divulgação

TÊNIS NEWS
16/04/2018
11:35
Monte Carlo 

Depois de três derrotas seguidas e vexames em Indian Wells e Miami, Novak Djokovic voltou a sorrir nesta segunda-feira ao avançar para a segunda rodada do Masters 1000 de Monte Carlo, no principado de Mônaco, onde foi o campeão em 2013 e 2015.

Djokovic, atual 13º do mundo, derrotou o compatriota Dusan Lajovic, que passou o quali e é o atual 93º colocado, por arrasadores 6/0 6/1 após 56 minutos de duração.

O sérvio, que passou por cirurgia no cotovelo após a derrota nas oitavas de final do Australian Open, não vencia desde então, fim de janeiro, e nas últimas semanas passou por mudanças radicais em sua equipe demitindo Andre Agassi e Radek Stepanek e voltando a treinar com o antigo técnico Marian Vajda.

Ele aplicou um 6/0 em 22 minutos dominando Lajovic, no segundo o jogo começoiu apertado com 1/1 e Nole salvando break-point. No último game Nole salvou break e fechou com tranquilidade. Foram 19 winners contra quatro do adversário e 16 erros contra 19 de Dusan.

Seu rival da segunda rodada será o croata Borna Coric, 39º, que vem de semifinal em Indian Wells e quartas em Miami. Coric, que fez 6/2 6/3 no francês Julien Benneteau, perdeu o único jogo contra Nole em 2016 no saibro de Madri.