LANCE!
01/03/2016
22:52
São Paulo (SP)

O centroavante Alan Kardec está insatisfeito no São Paulo. Após jogar pouco mais de sete minutos nesta terça-feira, na vitória diante do Mogi Mirim, no Pacaembu, o camisa 14 não hesitou ao falar que as poucas chances tem lhe tirado o sono e que uma conversa franca com o técnico Edgardo Bauza para esclarecer a situação ainda não aconteceu. Kardec disputa a posição de camisa 9 do time diretamente com Jony Calleri. 

- Eu tenho recebido algumas oportunidades, sim, é verdade, mas, para o meu sonho, isso não é o bastante, eu quero mais. É claro que eu quero sempre ajudar a equipe - disse, para logo completar sobre a relação com o treinador argentino: 

- Às vezes, a conversa tem que partir do treinador também, ainda mais no caso dele que está há pouco tempo no clube, fala outro idioma, como jogador você não sente que tem essa liberdade para chegar e conversar.  É uma comunicação que pode haver no futuro, sim, mas ainda não aconteceu. 

Em campo, Jony se mostra raçudo e participativo em todas as partidas, o que diminuem as chances de Alan Kardec em emplacar uma sequência como titular do São Paulo. Ambos vivem uma seca de gols e o rodízio praticado por Bauza impossibilita cravar o titular absoluto da posição. Calleri, porém, tem tido mais tempo em campo. 

O Tricolor volta a campo no próximo sábado, às 16h, novamente no Pacaembu, para enfrentar o São Bernardo, pela oitava rodada do Campeonato Paulista. Pensando no duelo contra o River Plate, na quarta-feira, em Buenos Aires, a tendência é que Patón poupe seus principais jogador e, com isso, Kardec receba uma chance para jogar 90 minutos.