Campeonato Paulista - Palmeiras x Linense (foto:Bruno Ulivieri /Raw Image)

Marcelo Oliveira tem recebido muitas críticas no Palmeiras (foto:Bruno Ulivieri /Raw Image)

Thiago Ferri
15/02/2016
08:25
São Paulo (SP)

A derrota para o Linense irritou os palmeirenses, mas não fará a diretoria mudar o comando do time. Marcelo Oliveira, principal vítima das críticas da torcida neste início de ano, terá uma semana importante para recuperar a tranquilidade, pois estreia na Libertadores nesta terça e no sábado tem o clássico contra o Santos.

Os 41% de aproveitamento nas primeiras quatro rodadas do Paulista estão longe do esperado por um elenco que ganhou a Copa do Brasil no ano passado, manteve sua base e trouxe reforços para corrigir as carências de 2015. O técnico disse que todos estão incomodados, enquanto nem os jogadores sabem o que acontece.

– Libertadores é diferente, e se jogarmos dessa forma é complicado. Vamos ver o que pode ser corrigido, escutar o Marcelo Oliveira, porque tenho certeza que ele vai passar o que dá pra melhorar. Ainda é começo de ano, ninguém está 100% – justificou Rafael Marques.

Campeão da Copa do Brasil, Marcelo tem 46 jogos no clube: 21
vitórias, nove empates e 16 derrotas. São 52% de aproveitamento

No fim do ano passado, Marcelo já conviveu com forte pressão, mas a diretoria decidiu dar a chance para o campeão da Copa do Brasil, contratado em junho, montar seu elenco e lhe dar tempo para armar a equipe como deseja.

A ideia não mudou, contudo o jogo contra o River Plate (URU) e o encontro com o Peixe têm grande importância. Marcelo viu a lua de mel com a torcida se encerrar apenas dois meses após um título. Tendo dois jogos grandes pela frente, daqueles que o Verdão costuma crescer, ele espera conseguir paz para arrumar os problemas do Palmeiras e fazer com que a insatisfação fique só nas arquibancadas.