LANCE!
28/01/2016
11:49
Rio de Janeiro (RJ)

Se por um lado a organização ainda não se pronunciou de forma oficial a respeito da próxima disputa de cinturão de Luke Rockhold na categoria dos médios, por outro não é difícil prever qual pode ser o próximo passo do novo campeão da categoria. E ele concorda que sobraram poucas opções após os últimos acontecimentos.

Para começar, Yoel Romero, que venceu Ronaldo Jacaré em luta apertada em dezembro, caiu em exame antidoping logo após a luta e deve receber uma longa suspensão. Já Vitor Belfort e Ronaldo Jacaré vão se enfrentar no dia 14 de maio, em evento no Brasil. Quem sobra? Chris Weidman, Anderson Silva e Michael Bisping - os dois últimos se enfrentam no dia 28 de fevereiro. 

- Todos os sinais apontam para Weidman. Não acho que seja um bom movimento. Não sei o que ele vê. Essa não é a vontade de Deus. Essa não é uma bênção disfarçada, é o simples fato de que sou melhor do que ele. Vou batê-lo de novo e colocar um ponto de exclamação desta vez. Não sei onde sua cabeça está. Ele parece acreditar que tudo acontece por uma causa. Vou batê-lo de novo - garantiu o campeão, em entrevista ao The MMA Hour.

Apesar dos sinais apontarem para Chris Weidman, Vitor Belfort era o pretendido por Luke Rockhold, segundo o próprio.

- Estou pronto para ganhar dinheiro. Claro que uma luta com Anderson Silva seria muito apelativa. Eu gosto da luta com Vitor, mas não parece que vou ter isso no momento, então talvez tenha que finalizar mais um e seguir em frente. Eu definitivamente pedi por ele (Belfort), mas eles (UFC) não estão prontos ainda para dar outra chance pelo título a ele.  Não me importo se ele merece a chance ou não, já passei desse ponto. Se ele conseguir bater Jacaré, eu adoraria enfrentá-lo. Mas eu não acho que ele vá vencer Jacaré. Ele é a chance de um soco, mas quem sabe qual Belfort veremos? - ponderou.