Vila Nova-GO x Paraná

Tricolor jogou 79 minutos com um a menos, no Serra Dourada. (Divulgação/Paraná)

Guilherme Moreira
03/06/2016
22:36
Curitiba (PR)

Com um a menos por quase toda a partida, o Paraná segurou o resultado e empatou com o Vila Nova-GO por 1 a 1 nesta sexta-feira, no Serra Dourada, pela sexta rodada da Série B. Atuando com 10 jogadores, o Tricolor não ofereceu perigo em nenhum momento, mas também não sofreu com a pressão do Tigre.

Logo no primeiro minuto, a zaga do time da casa saiu errado, Robson aproveitou, driblou o goleiro e pediu pênalti do zagueiro - o juiz deu simulação e cartão amarelo. Com 3, Robston lançou Fabinho entre os zagueiros paranistas e o atacante, com um leve toque, quase abriu o placar.

Aos 11, Robson foi derrubado pelo adversário na linha lateral, se irritou e empurrou o defensor goiano, que simulou uma agressão. O árbitro Joelson Nazareno Ferreira Cardoso, perto do lance, expulsou o camisa 11. Com um a mais, o Vila tentou ir pra cima e, aos 21, Roger girou e, sem deixar a bola, chutou próximo da trave de fora da área.

Bem postado defensivamente, o Tricolor seguiu atuando com as linhas de quatro próximas e não dava espaço para o rival. Tanto que a equipe da casa só assustou aos 37, em chute de Fabinho para defesa de Wendell, e com 46, quando Roger perdeu a chance mais clara após cruzamento da direita de Feijão, chutando por cima do travessão quase na pequena área.

Na segunda etapa, o cenário não ficou muito diferente. Recuado, o Paraná aguardava o Tigre, que seguia tendo dificuldades de infiltração e só conseguindo chegar pelo alto. Com 10, Feijão cruzou, Wendell não achou a bola e Roger, de cabeça, mandou para fora.

Aos 14, em jogada trabalha pelo chão, Fabinho apareceu na entrada da área e bateu para grande defesa do camisa 1 paranista. Com 27, em cobrança de falta, Jean Carlos chutou forte em cima de Wendell. Três minutos depois, o camisa arriscou de novo e a bola passou perto da trave.

Sem força ofensiva e cansado, o Tricolor sequer tentava avançar no contra-ataque. Na última chance da partida, após escanteio da esquerda, a zaga paranista afastou e Cordeiro, de primeira, bateu por cima do travessão. E foi só.

Com o empate, o Vila Nova sobe para décimo sétimo, com quatro pontos - o Paraná caiu para nono, com nove pontos, antes do fim da rodada. Na próxima rodada, o Tigre encara a Luverdense, em Lucas do Rio Verde, na terça-feira, às 21h30, enquanto o Tricolor recebe o Atlético-GO no mesmo dia, às 19h15, na Vila Capanema.

FICHA TÉCNICA
VILA NOVA-GO 0X0 PARANÁ

Local
: Serra Sourada, em Goiânia (GO)
Data-Hora: 03/6/2016 - 20h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Joelson Nazareno Ferreira Cardoso (PA)
Assistentes: Jose Ricardo Guimarães Coimbra (PA) e Leila Naiara Moreira da Cruz (DF)
Público/renda: 3.280 pagantes/R$25.380,00
Cartões amarelos: Victor Bolt, Jefferson Feijão, Dudu (VIL), Robson, Válber, Lúcio Flávio (PRC)
Cartão vermelho: Robson (PRC)

VILA NOVA-GO: Wagner Bueno; Vinícius Simon (Frontini), Reginaldo e Douglas Assis; Bruno Oliveira (Jefferson Feijão), Robston, Victor Bolt (Pedro Carmona), Jean Carlos e Cordeiro; Roger e Fabinho. Técnico: Rogério Mancini.

PARANÁ: Wendell; Leandro Silva, Pitty, João Paulo e Fernandes; Anderson Uchôa, Basso (Alisson), Diego Tavares (Marcelinho) e Murilo; Robson e Lúcio Flávio (Robert). Técnico: Claudinei Oliveira.