Adnan Januzaj (Foto: Uefa)

Adnan Januzaj não faz boa temporada pelo Manchester United (Foto: Uefa)

LANCE!
21/04/2016
14:05
Manchester (ING)

Depois de surgir como promessa no Manchester United, o meia Januzaj já não vive o seu melhor momento, mesmo com apenas 20 anos. Afastado da seleção belga desde 2014, após se recusar a defender a equipe sub-21, ele agora quer abandonar a equipe de Hazard e De Bruyne para se juntar ao Kosovo.

Normalmente, um jogador que defendeu uma seleção em uma partida oficial, não pode mudar de equipe. Porém, no caso de Januzaj, há uma brecha. O Kosovo já é reconhecido tanto pela Uefa, quanto pela Fifa, mas ainda não é um membro. E isso deve mudar nas próximas semanas, quando as entidades fizerem suas assembleias.

Como Januzaj defendeu a Bélgica durante um período em que o Kosovo não era um afiliado, ele tem a opção de abandonar a segunda colocada no ranking da Fifa para defender o país que fazia parte da Iugoslávia, e depois tornou-se independente da Sérvia.

Quando Januzaj explodiu ainda muito novo defendendo o Manchester United, na temporada 2013/14, ele tinha uma situação inusitada, pois poderia escolher entre seis seleções. A Bélgica, que é onde nasceu, além de Kosovo, Sérvia, Turquia e Albânia, pois todas têm ligações com sua família e garantiriam o seu lugar. Isso além da Inglaterra, pois ele poderia tirar a cidadania com alguns anos de residência.

Acabou optando pela Bélgica, e foi convocado para a Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Apesar da empolgação com o garoto, não foi titular e jogou por apenas alguns minutos. Meses depois, foi chamado para a seleção sub-21, mas recusou-se, o que deixou a Real Associação de Futebol Belga (KNVB) ficou irritada, e não foi mais chamado por Marc Wilmots.

Além disso, o seu rendimento caiu bastante. Pouco utilizado por Louis van Gaal na temporada passada, foi emprestado ao Borussia Dortmund por um ano. Mas o clube alemão devolveu o jovem de 20 anos ao United em janeiro, mas também entrou em campo poucas vezes.

O mês que vem será decisivo para a seleção do Kosovo. A Uefa terá um congresso no dia 3 em Budapeste e deve ser aceita na entidade continental. Nos dias 12 e 13, a Fifa terá a sua primeira assembleia com Gianni Infantino, e o tema está em pauta. O órgão mundial já adiantou que está disposta a aceitar, desde que ela esteja antes em sua confederação.

Caso tudo dê certo, o Kosovo já deverá estar nas Eliminatórias da Copa do Mundo, e provavelmente entraria em uma das duas chaves que contam com cinco seleções. Se entrar no Grupo H, estará ao lado de Bélgica, Bósnia, Grécia, Estônia e Chipre. Ou seja, Januzaj enfrentaria os Red Devils. Pode ir ainda para o Grupo H, que tem Croácia, Islândia, Ucrânia, Turquia e Finlândia.