José

José Sinval Batista de Carvalho, de 53 anos, morreu após ser baleado por torcedores antes de jogo (Divulgação/DHPP)

LANCE!
07/04/2016
17:05
São Paulo (SP)

A Polícia Técnico-Científica, enfim, conseguiu identificar o homem morto em briga de torcida antes do clássico entre Palmeiras e Corinthians, no último domingo, disputado no Estádio do Pacaembu: era José Sinval Batista de Carvalho, de 53 anos, que teve o corpo reconhecido pelo irmão, após comparação de digitais. José não participou da confusão e tampouco fazia parte de uma das torcidas, mas foi atingido por um tiro e morreu. 

A confusão aconteceu em São Miguel Paulista, Zona Leste da cidade de São Paulo, e José foi baleado no peito em frente a estação de trens da CPTM. De acordo com a Secretaria Municipal de Segurança Pública, ele era de Paripiranga, na Bahia.

Cerca de 50 torcedores de Palmeiras e Corinthians se encontraram no local e iniciaram a confusão, até o disparo de uma arma de fogo. José não resistiu aos ferimentos. Três suspeitos foram detidos, mas todos liberados. 

No dia do Dérbi, ainda houve mais confusões entre torcedores registradas: corintianos agrediram três palmeirenses na Avenida Doutor Arnaldo, próxima a região do Pacaembu, logo após a partida. Antes do jogo, em Guarulhos, 25 torcedores foram presos por briga. Na estação Brás do Metrô também houve registro de confrontos.