Sport x Atlético-MG

Galo abriu 4 a 2, mas Sport foi buscar o empate no segundo tempo (Foto: Aldo Carneiro/Lancepress!)

RADAR/LANCE
05/06/2016
17:55
Recife (PE)

Ainda precisando superar o grande número de desfalques, o Atlético-MG foi a Recife e fez uma partida espetacular contra o Sport, mas saiu de campo com o empate por 4 a 4 e sabor de derrota, depois de abrir dois gols de vantagem.

Robinho foi um dos nomes do jogo, com dois gols e duas assistências. Do lado anfitrião, Diego Souza foi o maestro, com um gol e uma assistência. Júnior Urso e Patric também marcaram pelo lado do Galo, além de Ritchely, Gabriel Xavier e Edmílson na equipe rubro-negra.

Com o resultado, o Sport foi a cinco pontos e o Atlético a sete. Na próxima rodada, o Leão visita o Coritiba no Couto Pereira, no próximo domingo, às 11h. Já o Galo recebe ninguém menos que o rival Cruzeiro, no mesmo dia, às 16h, no Independência.

Robinho desequilibra em primeiro tempo de seis gols


O Sport tentou impor seu mando de campo e fazer a tradicional pressão dentro de casa, mas o Atlético não se intimidou e começou melhor a partida, com dois bons lances de Júnior Urso. No segundo, a cabeçada do volante veio no contrapé de Magrão, mas o goleiro fez uma belíssima defesa e evitou o gol. Aos 21 minutos, porém, o camisa 1 não seria páreo para a ótima tabelinha de Robinho com Urso, que só terminou nas redes.

Sport x Atlético-MG
Jogo teve oito gols na Ilha do Retiro (Foto: Pablo Kennedy/Lancepress!)

Com muita dificuldade para sair jogando, o Sport buscou os lados para fugir da forte marcação do Galo que congestionou o meio-campo. Pelos flancos, saíram as melhores jogadas e de lá o time conseguiu empatar. No cruzamento da direita, a zaga do Galo cortou mal e Rithely pegou bonito, de fora da área, no cantinho de Victor. Golaço!

Com o gol marcado em um momento que não atuava bem, o cenário do jogo voltou a ser favorável ao Sport, mas os anfitriões mal aproveitaram a igualdade. Menos de cinco minutos mais tarde, Robinho voltou a infernizar dentro da área. Sofreu pênalti de Durval e recolocou o Galo na frente. À vontade, o rei das pedaladas ainda daria outra assistência sensacional, desta vez para Patric ampliar, após leve toque na saída de Magrão. 3 a 1.

Ainda antes do intervalo, o primeiro tempo eletrizante terminaria com dois novos gols. Aos 44, Diego Souza fez fila dentro da área e presentou Gabriel Xavier, que fuzilou as redes. Mas já nos acréscimos, Robinho entrou novamente na área, sofreu outro pênalti e converteu a nova cobrança. 4 a 2 e seis gols só no primeiro tempo!

Sport corre atrás e busca empate emocionante


O cenário aberto do primeiro tempo foi substituído por uma postura mais fechada do Atlético, o que só aumentou a dificuldade do Sport em reagir. Pilhado pelo torcedor, que pedia falta ou pênalti na maioria dos lances, os jogadores do Leão mostraram nervosismo e falta de paciência em vários momentos, além de deixarem a partida mais pegada dos dois lados. Apesar da intensidade inferior à etapa inicial, os donos da casa voltaram a assustar com Matheus Ferraz, aos 20 minutos, cabeceando com perigo e rente à trave direita de Victor.

Quando o jogo caminhava para um triunfo controlado do Atlético, as mexidas de Marcelo Oliveira não deram certo e o time chamou o Sport para seu campo. Aos 27 minutos, Diego Souza teve liberdade para encontrar Gabriel Xavier na linha de fundo, que deslocou Victor e entregou para Edmílson descontar. Gol que incendiou a Ilha do Retiro e iniciou a reação. Três minutos mais tarde, Diego Souza sofreu falta na entrada da área e cobrou com perfeição, deixando tudo igual! 4 a 4.

Nos 15 minutos finais, o jogo voltou a ficar aberto e pegou fogo. O Sport assustou com Lenis, enquanto o Atlético carimbou a trave com Patric. Apesar das boas chances até os últimos minutos, o gol da vitória não veio em nenhum dos lados. 4 a 4 placar final.

SPORT 4 x 4 ATLÉTICO-MG

Motivo: 6ª rodada, Brasileirão 2016
Data/Hora: 05/06/2016, às 16h
Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Assistentes: Rodrigo Henrique Corrêa (RJ) e Dibert Pedrosa Moisés (RJ)

GOLS: Júnior Urso, 21'1ºT (0-1), Rithely, 25'1ºT (1-1), Robinho, 29'1ºT (1-2), Patric, 41'1ºT (1-3), Gabriel Xavier, 44'1ºT (2-3), Robinho, 47'1ºT (2-4); Edmilson, 27'2ºT (3-4); Diego Souza, 30'2ºT (4-4)
Cartões amarelos: Samuel Xavier (SPO); Júnior Urso, Gabriel, Marcos Rocha (CAM)
Cartão vermelho: Não teve.
Público/Renda: 14.170 presentes/R$205.345,00

SPORT: Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê (Wallace - 35'2ºT); Rithely, Serginho, Gabriel Xavier, Everton Felipe (Lenis - 27'2ºT) e Diego Souza; Edmilson (Túlio de Melo - 40'2ºT). Técnico: Oswaldo de Oliveira.

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Tiago, Gabriel e Lucas Cândido; Rafael Carioca, Leandro Donizete e Júnior Urso; Patric (João Figueiredo - 39'2ºT), Carlos (Carlos Eduardo - 15'2ºT) e Robinho (Pablo - 25'2ºT). Técnico: Marcelo Oliveira.