Novak Djokovic

Dubai Duty Free

Tênis News
23/02/2022
16:21
Dubai

Novak Djokovic, número 1 do mundo, teve poucos problemas para se classificar, nesta quarta-feira, para as quartas de final do ATP 500 de Dubai, nos Emirados Árabes, torneio pelo qual faz sua estreia na temporada após ser deportado da Austrália.

O sérvio derrubou o russo Karen Khachanov, 26º colocado, por 2 sets a 0 com parciais de 6/3 7/6 (7/2) após 1h38min.

Em um jogo sólido e com os dois tenistas jogando bem, Djokovic buscou trabalhar bem evitando que o adversário batesse bolas com o backhand e assim, chegou à quebra no 4º game, abriu 4/1 sacando firme e administrou a primeira etapa.

A partida seguiu bastante equilibrada na disputa de pontos, mas efetivo, o sérvio conquistou quebra no 3º game, abriu 3/1 salvando três breakpoints e foi administrando, até ser quebrado no 8º game, salvar dois breakpoints no game seguinte e forçar o tiebreak. Ali, trabalhando melhor na devolução, Djokovic abriu 5/2 com uma mini-quebra e fechou a partida.

Este foi o sexto duelo entre eles e a quinta vitória de Djokovic: "Estava me sentindo empolgado e motivado. Mas ao mesmo tempo estressado. Particularmente nos momentos onde encarava os break-points. A atmosfera no estádio estava impressionante", disse o número 1 do mundo que precisa do título e que Daniiç Medvedev não conquiste Acapulco para permanecer no topo.

"Senti falta (jogar competitivamente). Essa é minha vida. É o que conheço nos últimos 20 anos. Tênis é o meu amor. Curto trazer energia positiva e memórias para as pessoas que assistem".

Nole encara o qualifier tcheco Jiri Vesely, 123º colocado, que passou pelo espanhol Roberto Bautista, campeão semana passada em Doha.