Novak Djokovic na estreia em Roland Garros

FFT

Tênis News
23/05/2022
18:28
Paris

Atual campeão de Roland Garros, o sérvio Novak Djokovic, número 1 do mundo, iniciou sua campanha em busca do tricampeonato com uma sólida vitória sobre o japonês Yoshihito Nishioka, 99º, jogando sob teto fechado na Philippe Chatrier, na estreia de Roland Garros.

Jogando com parte da torcida contrária, Djokovic cometeu uma série de erros, mas valeu-se as precipitações de Nishioka e precisou de 1h58 para fechar o placar em 6/3 6/1 6/X tendo convertido 9 aces a 6 e disparado 35 bolas vencedoras a 17 do japonês, que cometeu as 3 duplas faltas do jogo e o mesmo número de erros não-forçados do sérvio, 32.

O sérvio, que busca tornar-se o primeiro homem da história a vencer todos os torneios do Grand Slam por três vezes, entrou em quadra trabalhando firme com saque aberto e buscando empurrar o adversário da linha de base, assim, os tenistas fizeram games disputados, com longos pontos, e o sérvio conquistou a quebra no 6º game, abriu 5/2 e administrou.

Na segunda etapa, Nishioka cometeu erros bobos junto da rede e saiu quebrado. Djokovic comemorou os erros do adversário e acabou vaiado pelo público, presente, que já havia feito isso na primeira parcial por considerar 'excessivas' as comemorações. Sem se importar com as vaias, Djokovic seguiu firme, abriu 5/0 com quebras no 3º e 5º games, vibrou como resposta a torcida e acabou vendo o adversário devolver uma das quebras, no 6º game, mas contou com falhas táticas de Nishioka, que voltou a ser quebrado.

O japonês, que fez belas jogadas e arrancou aplausos de Djokovic algumas vezes durante a partida, parou na consistência e bolas nas linhas do sérvio, que aplicou o pneu com quebras nos 2º, 4º e 6º games.

Djokovic está na segunda rodada de Roland Garros e aguarda pelo vencedor do duelo entre o eslovaco Alex Molcan e o argentino Federico Coria, partida que está interrompida pela chuva.