Ariel Holan - treino do Santos

Ariel Holan ainda não completou um mês no comando do Santos (FOTO: Divulgação/ Twitter do Santos)

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
21/03/2021
16:00
Santos (SP)

O técnico Ariel Holan foi apresentado como novo técnico do Santos no início de março. Menos de um mês depois, já é possível ver sinais do trabalho do treinador tanto no estilo de jogo do time, quanto nas peças escolhidas para serem escaladas.

> Confira a tabela atualizada do Campeonato Brasileiro

Foram muitos garotos utilizados e alguns dos principais nomes que, lesionados, ainda sequer estrearam com o treinador. O DIÁRIO fez uma análise dos três nomes que mais ganharam e os que mais perderam com a chegada de Holan.

Quem ganhou:

Kaiky - O zagueiro completou 17 anos no começo de 2021, ainda sem ter jogado nenhum minuto como profissional do Santos. Nesta temporada, são quatro jogos, com 352 minutos em campo e até um gol marcado. Começou jogando nos dois jogos da Libertadores e tem status de titular, superando nomes como Luiz Felipe, Laércio, Alex, Derick e Sabino.

Ângelo - Lançado por Cuca no Campeonato Brasileiro de 2020, chegou a fazer nove partidas com o antigo treinador, mas quase sempre entrando nos minutos finais das partidas. Nesta temporada, já são cinco jogos e mais minutos em campo. Ele deve brigar por posição no time mesmo com a volta de Marinho.

Jean Mota - O meia viveu seu auge no Santos sob o comando de Jorge Sampaoli e caiu de produção na temporada passada. Novamente com um treinador argentino, está recuperando a confiança e sendo decisivo para o Peixe. Já são duas assistências e dois gols marcados.

Quem perdeu:

Laércio - Indicado pelo técnico Cuca, era tratado como sucessor de Lucas Veríssimo na zaga do Santos, mas nunca caiu nas graças da torcida. Começou a atual temporada machucado, mas já está liberado e não jogou sequer um minuto. Não tem treinado nem na dupla de zaga reserva.

Arthur Gomes - Utilizado em 36 jogos na temporada passada, começou o Paulistão sendo titular nas duas primeiras partidas, quando os principais jogadores santistas estavam em recesso. Desde então, não tem sido sequer relacionado e o Santos trabalha com a possibilidade de um empréstimo.

Tailson - Tratado como promessa das categorias de base, nunca se firmou nos profissionais e perdeu ainda mais espaço com a chegada de Ariel Holan. Não vinha sendo sequer relacionado e foi liberado. Vai defender o Coritiba nesta temporada.