Ídolo do Santos, Giovanni reclama de impaciência de torcedores: ‘Nem todo jovem é um Neymar’

Ex-jogador também pediu paciência com as promessas da base

AGIF2207132155368-scaled-aspect-ratio-512-320
Giovanni pediu paciência com jovens da base e reclamou de comportamento da torcida do Santos (Fernanda Luz/AGIF)

Escrito por

Um dos grandes jogadores da história do Santos, Giovanni reclamou da saída de jogadores jovens e da cobrança excessiva de torcedores. Em evento fechado, o ex-atleta pediu paciência e ressaltou que nem toda joia da Vila Belmiro será um novo Neymar.

➡ Clique para assinar o Premiere por 30 dias grátis!

- O Deivid Washington fez três jogos, três gols e o Chelsea levou. Outra coisa que vejo é que nem todo jogador da base vai ser igual ao Neymar. Isso é uma cobrança muito forte. Eu já fui júnior. A fase de um atleta chega aos 24, 25 anos. Um atleta com 18 anos e que não é como Neymar, a torcida já pega no pé, vaia, como é o caso de Ângelo, Pirani, entre outros. Se você reunir esse pessoal que saiu do Santos e trazer agora, o Santos não estaria na Série B. Tem que ter paciência. Todo jovem tem a sua maturidade. O Santos tem que trabalhar mais isso, não deixar os jovens saírem tão fácil. O Santos caiu pelas gestões passadas. E não é fácil voltar a Série A.

Na Série B, o Santos luta para retornar a elite do futebol brasileiro, mas sofreu quatro derrotas consecutivas nos últimos jogos da competição. Com isso, o Peixe ocupa apenas a 6ª colocação após já ter liderado o torneio.

Por conta dos maus resultados e desempenhos, os torcedores estão impacientes com grande parte do elenco. Nesta quarta-feira (19), o Alvinegro recebe o Goiás em busca de reabilitação na classificação.

circulo com pontos dentroTudo sobre

News do Lance!

Receba boletins diários no seu e-mail para ficar por dentro do que rola no mundo dos esportes e no seu time do coração!

backgroundNewsletter