Carlos Sánchez

Santos está bem perto de ter Carlos Sánches como reforço na temporada (Foto: JOE KLAMAR / AFP)

Gabriela Brino
26/06/2018
06:00
Santos (SP)

O Santos está bem perto de ter Carlos Sánchez como reforço. O meia está acertado verbalmente com a diretoria e resta um acordo salarial, pois o Monterrey pede um valor acima do previsto pelo presidente José Carlos Peres: 1 milhão de dólares (cerca de R$ 3,7 milhões).

Outro impasse é que o time mexicano exige que o Peixe desembolse R$ 450 mil mensais ao uruguaio, mas Peres usará da boa relação para tentar diminuir ao máximo o valor.

A negociação por muito pouco não foi acertada na última segunda-feira. A diretoria entrou em contato com os representantes do jogador, mas não chegaram em um consenso e a situação deve ser resolvida na quarta-feira.

Ricardo Gomes, Jair Ventura e o presidente Peres já se reuniram nesta semana para definir os reforços. O executivo de futebol afirmou recentemente que o clube prioriza um atacante, um volante e um meia.

Bryan Ruiz também é um nome aprovado pelo dirigente. O atleta não renovou contrato com o Sporting (POR) e está livre no mercado. O meia de 32 anos e capitão da Costa Rica na Copa admitiu que prioriza a Europa, mas não descartou o futebol brasileiro e o Santos.