Sandry

Sandry é um dos Meninos da Vila que ganharam espaço durante esta temporada (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Fábio Lázaro
17/12/2020
13:20
Santos (SP)

Titular nos três últimos jogos do Santos, o meia Sandry foi bastante elogiado pelo técnico Cuca, após a classificação do Peixe às semifinais da Libertadores, ao golear o Grêmio por 4 a 1, na Vila Belmiro, na noite desta quarta-feira (16). 

Com as ausências de Vinicius Balieiro, com Covid-19, e Diego Pituca, suspenso, o Menino da Vila ganhou espaço nas mãos do treinador santista e correspondeu, sendo um dos melhores em campo diante do Imortal, tanto contendo as ações gremistas, quanto na distribuição de jogo e construção ofensiva. 

Cuca ainda brincou relembrando que o meia estava acima do peso quando ele chegou para comandar a equipe, mas que foi surpreendido positivamente com a evolução do atleta.

- Sandry é uma joia que a gente encontrou. Estava meio gordinho (risos), não jogava. Nos surpreendeu no dia a dia. É polivalente, foi nosso 10, nosso 5. Joga nas três do Grêmio. Só vejo humildade e alegria. Muito bom trabalhar com ele, é uma maravilha - disse o técnico em entrevista coletiva ao fim da partida.

Segundo o "SofaScore", o meia do Peixe teve um índice de 81,8% de acerto nos passes contra o Imortal, com quatro desarmes e seis duelos no chão ganhos. A partida de volta pelas quartas de final da Libertadores foi a segunda consecutiva que o jogador atuou durante todos os 90 minutos. No total, são 15 jogos em 2020, quatro como titular, totalizando 578 minutos em campo.