Botafogo x Santos

Gustavo Henrique tem sido titular com o técnico Jorge Sampaoli no Santos (Foto: Ivan Storti/Santos)

Arthur Faria*
25/07/2019
06:00
Santos (SP)

O duelo do Santos contra o Avaí, neste domingo, às 16h, na Vila Belmiro, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, pode ser especial para o zagueiro Gustavo Henrique. Se escalado novamente como titular, o defensor pode completar seu 200º jogo com a camisa do Peixe.

Sem Lucas Veríssimo, suspenso, o técnico Jorge Sampaoli tem a opção de manter somente Felipe Aguilar e Gustavo Henrique ou adicionar Luiz Felipe na linha de zaga e adiantar os laterais, assim como aconteceu diante do Botafogo, no último domingo.

Entre Paulistão, Copa do Brasil e Brasileirão, o defensor já engatou 12 partidas consecutivas como titular. A sequência aconteceu entre abril a junho, mas parou após Gustavo Henrique levar três cartões amarelos e cumprir suspensão automática diante do Atlético-MG, pelo torneio nacional de pontos corridos.

O ano também tem sido bom fisicamente para o atleta. Gustavo Henrique não tem sofrido com lesões e já disputou 32 jogos em 2019. O zagueiro está próximo de alcançar a marca do ano passado, quando atuou em 39 oportunidades. 

O único problema tem sido sua renovação com o Alvinegro. Com o contrato até janeiro de 2020, o zagueiro ainda não assinou um novo vínculo e pode assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe daqui uma semana. 

O camisa 6 participou de uma das reuniões com a diretoria santista e reafirmou o desejo de continuar no Santos. O estafe do zagueiro, no entanto, "bate o pé" e não tem a intenção de ceder os 45% que possui ao Peixe.

Gustavo Henrique subiu ao profissional do Santos em 2012, mas começou a receber oportunidades no ano seguinte. Pelo clube, conquistou o bicampeonato paulista de 2015 e 2016.

* Sob supervisão de Vinícius Perazzini