O Palmeiras do capitão Bruno Henrique pode ser campeão já neste domingo

O Palmeiras do capitão Bruno Henrique pode ser campeão já neste domingo (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Thiago Ferri e William Correia
15/11/2018
08:00
São Paulo (SP)

O Palmeiras tem 96% de chance de ser campeão, segundo o matemático Tristão Garcia, e já pode conquistar o Campeonato Brasileiro neste domingo, com três rodadas de antecedência. Para isso, precisa derrotar o Paraná, último colocado e já rebaixado matematicamente, em Londrina, e torcer para que Inter, Flamengo e Grêmio não vençam seus dois próximos compromissos.

Atualmente, a distância para o Inter, segundo colocado, é de oito pontos. Mas tanto o Colorado quanto Flamengo e Grêmio, que aparecem em terceiro e quarto lugares, respectivamente, ainda jogarão nesta quinta-feira pela 34ª rodada da competição. O que influi nas contas.

Somando três pontos diante do lanterna da competição, que já mudou o mando da partida para uma região do Paraná com grande presença de palmeirenses, o Verdão atingiria 73 pontos, a três rodadas do fim. A garantia matemática de título só chegará caso a vantagem supere nove pontos em relação a Inter, Flamengo e Grêmio, únicos que podem alcançá-lo também em número de vitórias, primeiro critério de desempate.

Confira abaixo o que precisa acontecer com cada um dos candidatos ao título para o Palmeiras já ser campeão brasileiro neste domingo:

Palmeiras
​Precisa vencer o Paraná. Caso empate ou perca, não terá nenhuma possibilidade matemática de confirmar o título já neste domingo.

Inter
O Colorado​ pode somar, no máximo, dois pontos nas duas próximas rodadas. Ou seja: se vencer um desses compromissos, já tira do Verdão a chance de título garantido em Londrina. O Inter, atualmente segundo colocado com 62 pontos, recebe o América-MG (penúltimo colocado) às 21h desta quinta-feira e, no domingo, às 17h, visita o Botafogo (está em 12º lugar, a quatro pontos da zona de rebaixamento), no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

Flamengo
​O Rubro-Negro pode conquistar, no máximo, três pontos nas duas próximas rodadas. Ou seja: vencer um desses dois jogos e perder o outro, ou empatar ambos. O Flamengo, atualmente terceiro colocado, com 60 pontos, recebe o Santos (nono colocado, a quatro pontos da faixa da Libertadores) nesta quinta-feira, às 17h, no Maracanã, e visita o Sport (está em 15º lugar, a um ponto da zona de rebaixamento) no domingo, às 17h, na Ilha do Retiro.

Grêmio
O Tricolor gaúcho não pode ter 100% de aproveitamento nas duas próximas rodadas. Ou seja: basta um empate em um desses jogos. O Grêmio, atualmente quarto colocado, com 58 pontos, visita o São Paulo (quinto colocado) nesta quinta-feira, às 19h, no Morumbi, e recebe a Chapecoense (está em 17º lugar, dentro da zona de rebaixamento) no domingo, às 19h, em Porto Alegre.

O São Paulo tem 58 pontos e até poderia igualar os 73 pontos do Palmeiras em seus cinco próximos jogos, caso o Verdão vença o Paraná. Mas o Tricolor paulista tem cinco vitórias a menos, e esse é o primeiro critério de desempate: chegaria a 20 triunfos, no máximo, enquanto o Verdão teria 21, se ganhar em Londrina. Por isso, matematicamente, a equipe do Morumbi não terá mais nenhuma chance de título se o Palmeiras derrotar o Paraná.