Vanderlei Luxemburgo Palmeiras

Vanderlei Luxemburgo comentou a saída de Jorge Jesus do Flamengo para o Benfica (Cesar Greco/Agência Palmeiras)

William Correia
17/07/2020
15:29
São Paulo (SP)

A iminente confirmação da saída de Jorge Jesus do Flamengo, acertando com o Benfica um mês depois de assinar renovação com o clube carioca, foi tema na entrevista coletiva de Vanderlei Luxemburgo, nesta sexta-feira. O técnico do Palmeiras indicou que as críticas estão sendo menos pesadas ao português do que ocorreria se um brasileiro tomasse a mesma decisão.


- Quem precisa resolver é o Flamengo, que perdeu um treinador que cismou de ir embora no meio do caminho, que largou. É um treinador estrangeiro. Se fosse um brasileiro fazendo isso, a porrada hoje seria tamanha, seria porrada a todo momento - declarou o treinador do Verdão.

Vanderlei Luxemburgo sofreu com severas críticas ao deixar o próprio Palmeiras em meio ao contrato. Em 2002, depois de uma rodada do Brasileiro, o técnico, que tinha voltado ao clube em janeiro, rescindiu contrato para trabalhar no Cruzeiro. O Verdão acabou rebaixado no final do ano e Luxa, ao voltar ao clube, em 2008, sofreu até com xingamentos de torcedores.

A saída de Jorge Jesus, contudo, não muda o patamar do Flamengo, na análise do técnico do Palmeiras. Tido como um dos principais concorrentes do atual campeão carioca, brasileiro e da Libertadores, Luxemburgo apontou que a qualidade dos jogadores do time carioca continua e que, com ou sem o treinador português, não havia garantia nenhuma de novos títulos em 2020.


- Ninguém pode afirmar que, com o Jorge Jesus, o Flamengo iria ganhar ou perder. Quem assinaria um documento garantindo que o Flamengo seria campeão? Ele foi, o Flamengo vai escolher um treinador e vai continuar com um elenco forte, como candidato com potencial de conquistar o título. Isso não muda. É uma equipe competitiva. Ganhar ou não é outra história, tem que jogar - declarou Vanderlei Luxemburgo.

Enquanto o Campeonato Carioca já acabou, com título rubro-negro, o Paulista será retomado na quarta-feira, com o Palmeiras enfrentando o Corinthians, em Itaquera. Faltam duas rodadas para terminar a primeira fase e o Verdão protagoniza a segunda melhor campanha geral e do Grupo B, com 19 pontos em dez jogos, atrás do Santo André somente no saldo de gols.