Copa do Mundo de Escalada

Divulgação

LANCE!
15/07/2019
19:16
Chamonix (FRA)

A segunda etapa de vias guiadas da Copa do Mundo de 2019 do International Federation of Sport Climbing (IFSC) foi realizada em Chamonix (FRA) no último sábado à noite. A etapa foi marcada pelas vitórias da coreana Chaehyun Seo, de apenas 15 anos, e pelo tcheco Adam Ondra. As competições de velocidade foram vencidas pela chinesa Yi Ling Song e pelo indonésio Alfian Muhammad. Com um total de 214 escaladores oriundos de 37 nações diferentes, a etapa contou com grandes nomes do esporte da atualidade.

Quem assistiu às etapas teve o prazer de ver um nível de competição alto e resultados até então impensáveis. Obviamente que ver Adam Ondra, considerado o melhor escalador esportivo da atualidade, conquistando o ouro não é nenhuma novidade. Mas a grande atração e supresa incrível foi ver uma vitória no melhor estilo de conto de fadas, com a coreana Chaehyun Seo, de 15 anos, vencendo sua primeira Copa do Mundo na segunda competição entre os "adultos".

A eslovena Janja Garnbret, a melhor escaladora da atualidade e favoritíssima ao outro olímpico em Tóquio 2020, sofreu uma queda inesperada, mas semifinais e ficou fora da final. O pequeno descuido de Garnbret interrompeu uma série de vitórias que a eslovena vinha conquistando. Mostrando muita maturidade, se resumiu a dar uma declaração seu Instagram lamentando o vacilo com a seguinte frase: “Well I guess it had to happen" (É, parece que aconteceu). Para o público presente ficou evidente que a atleta cometeu o erro por falta de concentração, que é fatal em competições de alto nível. Este milésimo de segundo que perdeu a concentração, cometeu um erro bobo e escorregou, mesmo com muita energia de sobra.

Porém os sul-americanos tem muito de comemorar, pois a argentina Valentina Aguado, de 18 anos, quebrou um tabu que já durava mais de 10 anos e se classificou às semifinais da segunda etapa da temporada de vias guiadas da Copa do Mundo de Escalada da IFSC. Aguado nas semifinais se classificou em 12º lugar, de um total de 20. Apesar de não ter conseguido chegar às finais, ainda assim mostrou ser o nome mais forte do cone sul para conquistar uma vaga nas Olimpíadas.

A argentina demonstrou, baseado nos resultados obtidos até o momento, que é de fato a maior esperança sul-americana de ir à olimpíada. Valentina Aguado divido o seu tempo entre as competições, os estudos da faculdade e os treinamentos.

A própria Valentina Aguado já tinha se classificado para as semifinais há três anos, mas foi desclassificada pela entidade organizadora porque tinha menos de 16 anos à época. A inscrição da atleta foi realizada pela federação argentina que, aparentemente, desconhecia a existência desta regra vigente à época.
A final masculina, por outro lado, teve um pódio cheio de estrelas lendárias do esporte. Adam Ondra não só ganhou o primeiro lugar, como também o alemão Alex Megos e o austríaco Jakob Schubert ficaram em segundo e terceiro lugares, respectivamente.

Vagas para América do Sul
Há uma corrida paralela às vagas oferecidas na Copa do Mundo de Escalada, que são os escaladores do continente americano. A matemática funciona assim: alguns atletas estudam que algumas vagas ficarão para os atletas mais fortes do continente americano.

Desta maneira, quando houver a classificatória continental, que será disputada em fevereiro de 2020 nos EUA, estes mesmos atletas já teriam suas vagas garantidas e poderiam, ao menos em tese, abrir uma concorrência para outros atletas.

se prevalecer esta matemática, Valentina Aguado seria uma forte candidata à vaga, mas na categoria masculina esta, em teoria, estaria “aberta”. Para isso, claro, o atleta deveria pelo menos ter se classificado para as finais de cada uma das categorias. Uma tarefa difícil que, levando em consideração os resultados do último campeonato pan-americano, não aconteceu.

Resultado final

Vias Guiadas - Masculino
1. Adam Ondra (República Tcheca)
2. Alex Megos (Alemanha)
3. Jakob Schubert (Áustria)
4. Will Bosi (Alemanha)
5. Alberto Ginés López (Espanha)
6. Martin Stranik (República Tcheca)
7. Sean McColl (Canadá)
8. Kai Harada (Japão)

Vias Guiadas - Feminino
1. Chaehyun Seo (Coréia do Sul)
2. YueTong Zhang (China)
3. Jessica Pilz (Áustria)
4. Ai Mori (Japão)
5. Ashima Shiraishi (EUA)
6. Molly Thompson-Smith (Alemanha)
7. Lucka Rakovec (Eslovênia)
8. Natsuki Tanii (Japão)