Goleiro André Regly

Goleiro André Regly (Foto: Antônio Assis/FAF)

LANCE!
06/07/2021
21:34
Rio de Janeiro (Rj)

Um jogador de futebol está acostumado a ouvir críticas e xingamentos de torcedores. Contudo, o goleiro André Regly parece não concordar com essa tradição. O arqueiro, na época em que defendia o Bangu, processou, em 2017, um banguense por ter sido chamado de 'goleiro de futebol de botão'. Na Justiça, André entrou com ação judicial por danos morais e pediu R$ 25 mil. O goleiro perdeu o caso e ainda foi obrigado a arcar com custos do processo.
+ Confira a classificação do Brasileirão!

Segundo o portal 'Jota', o torcedor teria usado um aplicativo de mensagem instantânea para enviar as mensagens em um grupo privado. Em seguida, a pedido do goleiro, as apagou.

Para piorar, a defesa do banguense ainda apresentou um 'estudo' para comprovar que, em comparação com estatura média de arqueiros, André Regly, com 1,81m, fica abaixo do padrão.

Segundo decisão da juíza Bianca Chojniak, da 7ª Vara Cível do Foro de Santo André, o goleiro 'exerce função notória e pública, estando sujeito a críticas dos torcedores por seu desempenho no exercício da profissão'.