Murtaza Ahmadi

(Foto: Reprodução / Twitter)

LANCE!
07/12/2018
15:48
Ghazni (AFN)

Família de Murtaza Ahmadi, o pequeno fã do craque argentino que emocionou o mundo em 2016 ao improvisar uma “camisa” com sacolas plásticas precisou fugir de casa, na província de Ghazni, no Afeganistão, por conta de novas ameaças do grupo extremista Talibã.

Segundo reportagem da emissora britânica BBC, exibida nesta quinta-feira, a família do garoto Murtaza Ahmadi,fã mirim de Lionel Messi, que emocionou o mundo há dois anos quando improvisou uma “camisa” da seleção argentina com sacolas plásticas, precisou fugir de casa. Os Ahmadi vivem na província de Ghazni, no Afeganistão, mas tiveram que deixar a residência por ameaças de morte do grupo extremista Talibã.

Há dois anos, o menino de seis anos realizou o sonho de conhecer o ídolo em amistoso entre Barcelona e Al Ahli, no Catar. Segundo a mãe de Ahmadi, Shafiqa, terroristas teriam exigido o dinheiro dado por Messi à eles. A família pertence a minoria étnica hazara, perseguida pelos extremistas no país.