Logo Lance! Betting

Lutador negro da seleção de taekwondo leva voadora por estar abraçado com mulher branca

O agressor foi preso em flagrante por injúria racial e lesão corporal

gabriel_campolina-aspect-ratio-512-320
Gabriel Campolina, lutador da seleção brasileira de taekwondo (Foto: Reprodução/Instagram)

Escrito por

Gabriel Campolina, lutador da seleção brasileira de taekwondo, foi agredido na terça-feira (14) em uma estação da CPTM em São Caetano do Sul (SP) pelo simples fato de ser negro e estar abraçado com uma mulher branca. A informação é de Demétrio Vecchioli, da coluna Olhar Olímpico, do UOL.

O agressor, Matheus Cerqueira Santana, foi preso após ser atacado por populares que presenciaram as ofensas racistas contra Gabriel. Ele disse para os policiais que cometeu as agresssões físicas e verbais por estar "estressado".

Ainda segundo o colunista do UOL, Gabriel, que é faixa preta de taekwondo, estava sentado na escada da estação ao lado da amiga Sabrina Soares dos Reis Santos.

- A gente estava um do lado do outro quando, do nada, eu senti a voadora. Achei que alguém tinha caído em cima da gente. Quando olhei para trás, ele começou a me bater, puxar meu cabelo - contou o lutador ao Olhar Olímpico.

➡️Siga o Lance! Fora de Campo no WhatsApp e saiba o que rola fora das 4 linhas

Gabriel disse que reagiu com uma joelhada no rosto de Matheus, que ficou tonto e se afastou, deixando para trás um boné e um fone de ouvido. O lutador afirmou que recolheu os objetos, foi atrás de Matheus e o encontrou na catraca.

- Lá ele virou para mim e falou que eu estava me fazendo de vítima. E disse assim: 'Você é preto e estava abraçado com uma pessoa branca' - relatou Gabriel ao colunista.

Depois de ouvir a ofensa racista, Gabriel revidou com um chute.

- Quando eu dei joelhada, eu só pensei que eu estava ferrado, que ia acabar sobrando para mim. Quando ele falou isso, que eu não podia estar abraçado com uma uma pessoa branca, aí eu reagi - disse ao Olhar Olímpico.

Sabrina contou à polícia que o agressor perguntou para ela:

- Você não tem vergonha de estar com um cara negro?

Matheus foi preso em flagrante por injúria racial e lesão corporal. O colunista informa que não conseguiu contato com a defesa de Matheus.

circulo com pontos dentroTudo sobre

News do Lance!

Receba boletins diários no seu e-mail para ficar por dentro do que rola no mundo dos esportes e no seu time do coração!

backgroundNewsletter