Flamengo x Botafogo - Gabigol (Dança)

O 2º: Após vencer Liberta e Brasileiro, Gabigol estaria na lista dos melhores atacantes do Flamengo(Foto: Diego Maranhao/AM Press)

LANCE!
10/03/2020
14:07
Rio de Janeiro (RJ)

O jornalista Aydano André Motta palpitou, na manhã desta terça-feira, sobre a boa fase de Gabigol, atacante do Flamengo. Durante o programa "Redação SporTV", o comentarista apontou o atual camisa 9 do Rubro-Negro como maior na história do clube em comparação com outros grandes artilheiros. Parece que apenas Nunes, campeão da Libertadores e do Mundial, ambos em 1981, escapou. 

- O Gabigol já é maior, na história do Flamengo, que Adriano, Romário e Bebeto. Talvez não seja maior que o Nunes. Falando de conquistas, de importância, de tamanho. O Gabigol já fez muito mais que Romário, por exemplo. É muito maior que o Adriano, que é amado pela torcida do Flamengo. Que o Bebeto, que fez gol de título brasileiro... - comentou o jornalista.

Aydano ainda pontou a idolatria de Gabigol com torcedores mirins de outros clubes e lembrou que o atacante do Fla chegou a ser abraçado aos prantos por um fã do Junior Barranquilla, na Colômbia, na semana passada.

- A idolatria do Gabigol é um fenômeno muito impressionante. Precisa ser estudada. Um menino colombiano chorando pelo Gabigol. Uma loucura. 

Com a camisa do Rubro-Negro, ele conquistou o Brasileirão de 2019, a Libertadores do mesmo ano, além de títulos como o Carioca 2019, Supercopa do Brasil e Recopa Sul-Americana, já em 2020. O camisa 9 também reuniu artilharias.

Adriano, outra figura de destaque dos flamenguistas, conquistou dois estaduais, 2000 e 2001, Copa dos Campeões, em 2001, e o Brasileirão 2009. Enquanto Romário foi bicampeão pelo rubro-negro (1996 e 1999) e venceu a Mercosul em 1999, Bebeto estava no time vitorioso da Copa União (Brasileirão 1987) e venceu o Carioca (em 1986).