CBF sede

Fachada da CBF (Foto: Divulgação)

LANCE!
07/01/2022
17:01
Rio de Janeiro (RJ)

Após explosão de casos pela variante Ômicron, a CBF decidiu recuar e endurecer seus protocolos com medidas de prevenção a Covid em seus jogos.

A presença de público nos estádios será analisada conforme posições de autoridades públicas, entretanto, a isenção de testes para vacinados e com alguns níveis de anticorpos, no caso de jogadores e funcionários das equipes, deve cair.

As celebrações e fim de ano são apontadas como a possível causa de uma onda de aumento de casos de Covid em cidades como a do Rio de Janeiro e São Paulo, segundo mostram dados com o aumento de testes com resultados positivos. Devido a falta de informações do Ministério da Saúde, ainda há uma dificuldade para traçar um quadro geral da intensificação da pandemia.

A ocasião fez com que a CBF analisasse os protocolos para as competições no país em 2022. O médico-chefe da entidade, Jorge Pagura, que já havia vetado a realização da Copa América de Futsal no país, reconheceu em entrevista ao 'Uol Esportes' que é hora de recuar.

- Ainda estamos analisando o impacto atual e nas próximas semanas! Alguns passos atrás serão dados principalmente no que tange a isenção de testagem para vacinados plenos e os que apresentam alto níveis de anticorpos! isso em termos de jogadores e CT e parte funcional! - disse Jorge Pagura.

- A observação dos índices nas próximas semanas juntamente com decisões das autoridades sanitárias locais nortearão o seguimento e normas específicas para a presença de público! Estamos diariamente avaliando cenários não só no Brasil como no Exterior onde as competições ainda ocorrem com público!

No Brasil, durante a reta final da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro, alguns estádios já estavam funcionando em sua capacidade total. Mas nas últimas semanas, a prefeitura do Rio de Janeiro, cancelou o Carnaval de rua e manteve o evento na Sapucaí. 

O médico-chefe da CBF ressaltou que a variante Ômicron apresenta características distintas das anteriores. 

- A Ômicron se comporta muito diferentemente das cepas anteriores! Rápida propagação e pouca morbidade! Nossa proposição será sem dúvida priorizando a ciência! - disse Pagura.

No retorno do recesso de fim de ano, a CBF também realizou uma varredura entre funcionários e contatou diversos infectados, que foram afastados do trabalho presencial. Além disso, também foram suspensas as reuniões presenciais.

Parte dos funcionários da entidade já retornou aos trabalhos presenciais na sede.