Hulk não aprovou a arbitragem de Anderson Daronco no duelo entre Galo e Flamengo, no Maracanã

Daronco e Hulk se encontraram pela primeira vez em Atlético-MG x São Paulo (Reprodução/Premiere)

LANCE!
24/11/2021
11:18
Rio de Janeiro (RJ)

Com o verão chegando, as academias espalhadas pelo Brasil voltam a receber intenso movimento. Entre os marombeiros, Anderson Daronco é presença certa. É inegável que experiente árbitro chama a atenção pelo porte físico avantajado, mas, com a chegada do atacante Hulk no Atlético-MG, o gaúcho ganhou um concorrente de peso para o posto de figura mais forte do futebol brasileiro. 

Desde o encontro da dupla, na vitória do Galo sobre o São Paulo, ainda na terceira rodada do Brasileirão, o debate sobre quem ostenta o porte físico mais diferenciado dominou a internet

E Daronco não titubeou. Questionado sobre um hipotético combate contra Hulk, o árbitro garantiu que levaria a melhor. O gaúcho ainda afirmou que já esperava a enxurrada de brincadeiras assim que soube da contratação do atacante.

- [Na mão eu dou um pau no Hulk], sim. Vou contar uma coisa sobre esse meme. Eu já sabia que isso ia acontecer. Logo que teve a transferência do Hulk para o futebol brasileiro, eu imaginei: 'Os caras vão inventar alguma graça assim que eu apitar o primeiro jogo do Atlético-MG'. E, por acaso, foi um jogo de rede aberta. Eu até brinquei quando saiu a escala. Falei para os bandeirinhas: 'Pronto. Vão inventar moda. Na primeira bola que a gente passar perto um do outro, vai sair algo nesse sentido - disse Anderson Daronco, ao canal "Desimpedidos", no Youtube.

+ Veja a posição do seu time no Brasileirão!

Em seguida, Daronco, em tom bem-humorado, cravou que supera fisicamente o destaque do Galo.

- Mas eu não sou trouxa. Eu esperei, na hora do aquecimento, aquela hora que a gente passa no túnel, antes do jogo, de entrar no campo. Pensei: 'Vou passar do lado do cara, para ver se eu sou maior'. Se eu fosse maior, eu ia ficar do lado dele durante o jogo e uma hora isso ia aparecer. Agora, se ele fosse maior, eu ia correr. Aí, na hora do jogo eu já vi. É uma proporção tipo eu e o Amaral [ex-Palmeiras e Corinthians]. Ele é baixo. Aí, eu disse: 'Estou grandão'. Aí, durante o jogo, teve uma situação que eu fiz questão de ficar junto, só esperando o meme. [Em termos de 'bumbum'], eu ia perder feio - brincou.