Fluminense x Cuiabá - Roger Machado

Roger Machado, durante a partida entre Fluminense e Cuiabá (Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)

Luiza Sá
06/06/2021
13:59
Rio de Janeiro (RJ)

O Fluminense conquistou a primeira vitória neste Campeonato Brasileiro diante do Cuiabá, neste domingo, por 1 a 0. Em entrevista coletiva após a partida, o técnico Roger Machado criticou a escolha do horário. As equipes entraram em campo às 11h em São Januário sob um forte sol no Rio de Janeiro. O confronto foi válido pela segunda rodada da competição.

> ATUAÇÕES: Yago Felipe garçom e Biel decisivo garantem vitória do Fluminense contra o Cuiabá

- Um jogo difícil, em um horário ruim, que o adversário está mais habituado que nós a jogar. Às vezes me parece que o futebol brasileiro pensa que está em Londres. No inverno de Londres jogando às 11h da manhã. Uma coisa é você jogar às 11h da manhã em Santa Catarina, no Paraná, no Rio Grande do Sul, no inverno. Outra é no Rio de Janeiro, no Nordeste. Um desgaste muito grande - criticou o treinador.

Apesar do desgaste, Roger elogiou a atuação do Fluminense na partida. O gol de Gabriel Teixeira ainda na primeira etapa garantiu o bom resultado ao Tricolor, que mantém quatro jogos de invencibilidade.

Veja a tabela do Brasileirão

- Fizemos um primeiro tempo equilibrado, não sofremos muito, tivemos oportunidades, mas de fato concluímos nossa chance em uma boa jogada, com o Yago, que vem se destacando nessa mecânica de jogo. Ele ataca as profundidades do corredor central para o lateral, faz as flutuações. E o Biel, que vinha atuando bem, perseguindo o gol no Brasileiro, em uma das poucas oportunidades que sabíamos que poderíamos ter em uma equipe organizada. Era tentar roubar a bola no campo de ataque no momento em que eles estivessem abertos para se organizar e acelerar, como fizemos - analisou.

- O Cuiabá valorizou muito nossa vitória, não se entregou, sabemos que eles vão fazer um campeonato brigando para se manter na elite. Valorizamos os três pontos, muito difícil a partida, sobrepomos as dificuldades e conseguimos, ao manter o zero no placar por mais uma partida, vencer um adversário que nos custou muito - completou.

Autor do gol, Biel é cada dia mais elogiado dentro do Fluminense. A importância do agora titular se mostra também nos números, já que ele foi o único a atuar em todas as partidas do time na atual temporada. Roger enalteceu o jovem, que chegou aos três gols como profissional.

- Quando vi os primeiros jogos do Estadual que ele atuou, me dei conta que tinha um jogador completamente preparado. Não só do ponto de vista técnico, mas sobretudo tático e emocional. Ele não sentiu o peso da estreia, seja naquele momento ou na Libertadores. Dentro das variáveis físicas e técnicas, o Gabriel é um dos jogadores mais potentes que temos no elenco e resistentes. É completo. As variáveis físicas do Biel são comparáveis com as de jogadores europeus, então quer dizer que ele aguenta fazer um jogo de altíssima intensidade durante quase todos os 90 minutos - disse o técnico.

Agora o Flu vira a chave novamente para se concentrar no jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil, na próxima quarta-feira. A equipe vai até Bragança Paulista enfrentar o Red Bull Bragantino, às 21h30 (de Brasília). As equipes ainda se enfrentam novamente no domingo, pelo Brasileirão.