Matheus Dantas
29/05/2017
12:30
Rio de Janeiro (RJ)

Na hora de cobrar pênalti, Henrique Dourado é o cara a ser chamado. Com 16 penalidades convertidas em 17 oportunidades, o Ceifador tem aproveitamento superior ao de vários craques. Por exemplo, Cristiano Ronaldo, atacante do Real Madrid conhecido - entre outras coisas - pelos vários gols de pênalti. Astro do Barcelona, Lionel Messi também fica atrás de Dourado neste quesito.

O estilo da cobrança - o atacante desacelera a corrida instantes antes de chegar à bola e aguarda a definição do goleiro - foi desenvolvido durante a carreira, mas o segredo do sucesso não é revelado pelo atual camisa 9 do Fluminense.

- Veio de mim mesmo. Comecei a treinar desta forma e conversando com os goleiros, acabei criando essa forma de bater - afirmou, antes de seguir:

- Último pênalti que perdi foi em 2014. É o trabalho. Procuro trabalhar bastante no dia a dia. Não posso contar (meu segredo), se não os goleiros vão me dificultar a cada dia. A gente procura trabalhar no treino como se fosse em um jogo. Eu trocaria os dois gols pelos três pontos, que infelizmente não vieram - completou Henrique Dourado, referindo-se aos dois gols marcados na derrota para o Vasco, por 3 a 2, em São Januário no último sábado, pelo Brasileirão.

O pé esquerdo do Ceifador só falhou uma vez na marca do cal. Atuando pelo Palmeiras, Henrique Dourado converteu o pênalti contra o Atlético-MG, mas o árbitro viu uma irregularidade e mandou voltar. A finalização foi para fora na segunda tentativa. Essa foi a única cobrança desperdiçada pelo atacante que o LANCE! encontrou, e também é a única que o próprio jogador se recorda.

Na quarta-feira, às 19h30 no Maracanã, Henrique Dourado terá a oportunidade de ser mais uma vez decisivo a favor do Fluminense. Após perder por 3 a 1 na ida, a equipe de Abel Braga precisa vencer o Grêmio por dois gols de diferença para avançar na Copa do Brasil. O confronto entre os tricolores vale vaga nas quartas de final do torneio e os ingressos já estão à venda.

APROVEITAMENTO NA MARCA DO CAL *

Lionel Messi pelo Barcelona (13 temporadas):
​62 pênaltis convertidos
18 pênaltis perdidos
Aproveitamento de 77,5%

Cristiano Ronaldo pelo Real Madrid (8 temporadas):
72 pênaltis convertidos
12 pênaltis perdidos
Aproveitamento de 85,7%

Cristiano Ronaldo pelo Manchester United (6 temporadas):

17 pênaltis convertidos
3 pênaltis perdidos
​Aproveitamento de 85%

Henrique Dourado pelo Fluminense (2 temporadas):
7 pênaltis convertidos
0 pênalti perdido
Aproveitamento de 100%

Henrique Dourado pelo Palmeiras (1 temporada):
4 pênaltis convertidos
1 pênalti perdido
Aproveitamento de 80%

* Estão listados acima os aproveitamentos dos jogadores nos respectivos clubes onde cobraram três ou mais pênaltis. Não foram contabilizados as cobranças por seleções nacionais.