Lazlo Dalfovo
22/07/2019
06:55
Rio de Janeiro (RJ)

Uma negociação arrastada, com concorrência europeia e dificultada pelo mérito do protagonista em ser o artilheiro do último Campeonato Brasileiro. Na primeira semana de janeiro, o Flamengo venceu a disputa por Gabigol e, ao assumir o astronômico salário integral do atacante (R$ 1,25 milhão por mês), externou o tamanho da expectativa por gols decisivos. E eles estão aí.

Contra o Corinthians, no último domingo, Gabriel Barbosa marcou o seu sexto gol nos últimos cinco jogos do Flamengo, que empatou em 1 a 1, justamente com o gol salvador do camisa 9, em Itaquera e em duelo válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Aliás, Gabigol chegou a oito gols e se isolou ainda mais na artilharia da atual edição do Brasileirão. Em 2018, encerrou com 18. E por em tempos passados, Jorge Jesus, além de elogiar o atacante e analisar o atual cenário, revelou que teve o desejo de contratá-lo para o Sporting de Lisboa, recentemente. 

- O Gabi, às vezes parece que não está no jogo e aí faz gol. Há treinadores que não dão muito tempo para esses jogadores. Ele esteve em duas equipes, não foi fácil para ele a adaptação. Agora está no país dele, conhece tudo. Sente-se melhor e rende melhor. Antes de vir para o Flamengo e quis leva-ló para o Sporting. Tentei contratar exatamente porque sei que ele tem qualidade. Na Europa não jogava como centroavante - disse Jesus, em entrevista coletiva

Após o jogo, Gabriel Barbosa dedicou o gol ao "mister" Jorge Jesus, que ainda não substituiu o atleta que pertence à Inter de Milão e que passou pelo Benfica nos quatro jogos sob o seu comando.

- Mister falou para mim, para tomar cuidado com esse lance, dele sair muito rápido e eu ficar ligado para fazer o gol ali. Eu dedico ao gol a ele (Jorge Jesus) e a minha mãe que está fazendo aniversário hoje (domingo) - falou Gabriel.

Gabigol, pelo Fla: 19 gols em 30 partidas




Aposta alta da Inter, Gabigol, respaldado pela coleção de bolas na rede, tem tudo para seguir em ascensão com Jesus. Já são 19 gols e cinco assistências em 30 jogos. A próxima oportunidade de brilhar será em teste encardido: contra o Emelec, nesta quarta-feira, fora de casa e pela ida das oitavas da Libertadores.