Marcio Porto
26/04/2018
06:20
São Paulo (SP)

Antes do início do Campeonato Brasileiro, o técnico Fábio Carille disse que passaria a utilizar menos o volante Maycon, um dos destaques do Corinthians. O motivo: o jogador está negociado com o Shakhtar Donetsk (UCR) e se despedirá do clube na pausa para a Copa do Mundo em junho. No entanto, os planos do comandante foram prejudicados nesta semana, por conta de lesões de dois jogadores da posição: Renê Júnior e Ralf. 

Renê torceu o joelho direito no treino da última terça-feira e passou por exames nesta quarta. Existe uma preocupação da comissão técnica em perder o atleta para as próximas partidas. Já Ralf lesionou o ombro direito no duelo contra o Vitória também nesta quarta e deve passar pelo menos um mês e meio fora. Ou seja, só deve voltar após a Copa. 

Caso o problema com a dupla se confirme, Carille praticamente será obrigado a utilizar Maycon com muito mais frequência. Gabriel, que atua mais recuado, fatalmente se fixará no time titular. As opções além dessas não são atraentes: Paulo Roberto, que tem sido relacionado, ainda não estreou nesta temporada. Já o jovem Mantuan, de 20 anos, tem atuado como reserva de Fagner na lateral direita. 

Até a Copa do Mundo, serão mais 14 jogos do Corinthians na temporada - dez pelo Brasileiro, três na Libertadores e um pela Copa do Brasil. Será interessante notar o comportamento de Maycon, que tem demonstrado grande profissionalismo. Não falou sobre o fato de estar vendido em nenhum momento e continuou se dedicando nos jogos como se não houvesse nada. Foi destaque nas finais do Paulista, inclusive batendo o pênalti que garantiu o título paulista. A Fiel espera que ele continue assim.