Yago Rudá
20/01/2019
19:08
São Paulo (SP)

A estreia do Corinthians no Paulistão 2019 foi com a cara do clube de Parque São Jorge. Apoiado por 31.009 torcedores em sua arena, o atual bicampeão estadual conquistou um empate, em 1 a 1, contra o São Caetano com um gol marcado no último lance da partida. O time comandado pelo técnico Fábio Carille, embora com a posse da bola durante a maior parte do duelo, teve imensa dificuldade para atacar seu adversário e não conseguiu criar perigo ao gol defendido por Jacsson. Mesmo assim, na última volta do relógio, o zagueiro Henrique conseguiu arrancar o grito de gol da Fiel.

O esquema tático proposto pela comissão técnica do Corinthians não deu tão certo quanto imaginado. Mesmo com André Luis e Sornoza abertos, o Timão foi muito bem marcado pelas beiradas e também pelo meio. A consequência foi um jogo truncado, com os zagueiros tendo a bola dominada e os responsáveis pela criação no ataque anulados. O São Caetano, que fez bem seu papel tático em campo, conseguiu um pênalti ainda no primeiro tempo e segurou o Corinthians até onde deu.

Na próxima rodada, o Alvinegro visita o Guarani, no Brinco de Ouro da Princesa.. A partida em Campinas será disputada na quarta, às 19h30. Já o Azulão jogará em casa, no Anacleto Campanella, contra o Ituano, às 21h da próxima quinta-feira.

Na raça
O empate do Corinthians neste domingo foi na base da raça e da superação. Depois de um jogo ruim, sem grandes emoções e praticamente anulado pelo São Caetano, o Timão mostrou sua força no último minuto do jogo. Em cobrança de escanteio de Jadson, o zagueiro Henrique subiu no último andar para dar o empate ao Time do Povo e garantir um ponto para a equipe neste início de Campeonato Paulista.

Velha dificuldade
No primeiro tempo do jogo, o Corinthians demonstrou a mesma dificuldade de anos anteriores. Com o São Caetano bem postado na defesa, o time do técnico Fábio Carille, embora organizado em campo, não conseguia encontrar espaços no ataque. A equipe chegou a ter quase 80% de posse de bola e os zagueiros jogavam avançados, mas, mesmo assim, quase não chegou ao gol defendido por Jacsson. Nos minutos finais da etapa inicial, em dois contra-ataques, o Timão chegou com Jadson e Sornoza, que erraram a pontaria.

Do céu ao inferno
O torcedor corintiano viveu um misto de sensações em um espaço muito curto de tempo. Primeiro, a euforia. O lateral Fagner acertou um longo passe rasteiro que deixou Gustagol na cara do gol. O centroavante escolheu o canto e fez o gol. O problema, no entanto, é que ele estava em posição de impedimento e a jogada foi anulada.

No lance seguinte, menos de um minuto depois, ataque rápido do São Caetano e o volante Richard errou o tempo de bola e acertou a perna de Capa. O árbitro Flavio Rodrigues de Souza deu o pênalti. Na cobrança, o ex-palmeirense Rafael Marques encheu o pé para colocar o Azulão em vantagem na Arena Corinthians.

Apresentação de reforços
No intervalo da partida, o Corinthians apresentou à sua torcida dois de seus principais reforços para 2019: o centroavante argentino Mauro Boselli e o zagueiro Manoel, emprestado pelo Cruzeiro até o fim do ano. A dupla teve contato com os torcedores, tirou algumas selfies e já pode sentir o clima da Fiel. Horas antes da partida, os reforços treinaram no CT Joaquim Grava para readquirirem a forma física. Ainda não há um prazo para a estreia dos reforços.

Boselli e Manoel
Boselli e Manoel na Arena (Foto: Marco Galvão/Fotoarena/Lancepress!)

Pequena melhora
No segundo tempo, o técnico Fábio Carille colocou Pedrinho, Mosquito e Mateus Vital na tentativa de uma melhora ofensiva. De fato, o Corinthians passou a ser mais criativo e, principalmente pelas beiradas do campo, passou a colocar a bola na área do São Caetano. Apesar disto, o time manteve a baixa produção ofensiva e praticamente não ofereceu perigo ao gol adversário.

Público e Renda
A fiel torcida fez seu papel nas arquibancadas e registrou um bom público na Arena Corinthians. Ao todo, 31.009 corintianos pagaram ingresso para assistirem o primeiro jogo oficial do Timão na temporada.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 X 1 SÃO CAETANO
Local: Arena Corinthians, São Paulo (SP)
Data-Hora: 20/1/2018 - 17h
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo
Público/renda: 31.009 pagantes/R$ 1.203.885,70
Cartões amarelos: Vinicius Kiss (SCA)
Cartões vermelhos: -
Gols: Rafael Marques (28'/1ºT) (0-1), Henrique (49'/2ºT) (1-1)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Marllon, Henrique e Danilo Avelar; Richard (Mateus Vital, aos 29'/2ºT) e Ramiro; André Luis (Pedrinho, no intervalo), Jadson e Sornoza (Mosquito, 12'/2ºT); Gustavo. Técnico: Fábio Carille.

SÃO CAETANO: Jacsson; Alex Reinaldo, Joécio, Max e Marquinhos; Willians (Vinicius Kiss, no intervalo), Pablo e Cristian (Ítalo, aos 25'/2ºT); Diego Rosa, Capa e Rafael Marques (Ferreira, aos 21'/2ºT). Técnico: Pintado.