Guilherme Santos - Botafogo

Guilherme Santos em ação pelo Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)

LANCE!
07/08/2020
06:00
Rio de Janeiro (RJ)

Com dificuldades financeiras, o Botafogo não tem poder para suprir todas as carências do elenco indo ao mercado. Desta forma, "descobrir" novas posições aos jogadores e buscar uma forma de improviso são maneiras de aproveitar o elenco ao máximo e, consequentemente, não aumentar a folha salarial. Um dos beneficiados por este fator pode ser Guilherme Santos.

No Botafogo desde o começo do ano, o jogador de 32 anos dividiu posição com Danilo Barcelos até mês passado. A chegada de Victor Luís, contratado para ser titular, fez com que um nome ficasse "sobrando" para a posição. Paulo Autuori, então, passou a utilizar Guilherme Santos como ponta pelo lado esquerdo.

A oportunidade inicial foi o amistoso contra o primeiro amistoso contra o Fluminense, cujo o Botafogo saiu derrotado por 1 a 0. Na ocasião, o treinador não pôde contar com Luís Henrique, diagnosticado com o novo coronavírus, e Rhuan, em recuperação física, e improvisou o lateral mais à frente. O cenário se repetiu - com Guilherme vindo do banco desta vez - no duelo contra o Tricolor na semana seguinte.

Guilherme se destaca pelo velocidade e aceleração em espaços curtos. Vale ressaltar que Danilo Barcelos, teoricamente o reserva direto de Victor Luís, também pode atuar em uma posição mais avançada do campo, assim como fizera na passagem pela Ponte Preta, em 2017 e 2018.

Utilizado como ponta no Almería-ESP, clube que atuou em 2008, a posição não é novidade para a carreira de Guilherme Santos. O retorno a um setor mais ofensivo do campo faz o lateral-esquerdo recuperar espaço no clube de General Severiano.