Palmeiras x Ceara

Mendoza fez gol contra o Palmeiras (Foto: Felipe Santos / Ceará SC)

Sergio Santana
16/04/2022
05:00
Rio de Janeiro (RJ)

O Botafogo tem um duro teste pela frente: a equipe comandada por Luís Castro enfrenta o Ceará neste domingo, às 19h, na Arena Castelão pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Glorioso bate de frente justamente no melhor momento do Vozão na temporada, que deixou para trás eliminações no começo do ano para viver um novo ciclo com Dorival Júnior.

+ VÍDEO: veja imagens exclusivas do Espaço Lonier, futuro CT do Botafogo

– Ceará chega em um bom momento, são três vitórias consecutivas. O Dorival tem 100% de aproveitamento, é o único treinador do Ceará nos últimos dez anos que conseguiu vencer os primeiros três jogos. O time vinha de um momento muito ruim, eliminações na Copa do Nordeste e Campeonato Cearense, mas esses resultados deram uma mudança de chave. O torcedor está bem empolgado, deve ter um bom público na Arena Castelão - explicou André Almeida, setorista do Ceará no "Diário do Nordeste", ao LANCE!.

O Vozão passou por instabilidades com Tiago Nunes, demitido após a queda na Copa do Nordeste, mas Dorival conquistou resultados importantes de forma imediata. A equipe alvinegra vem de vitórias contra Independiente-ARG, Palmeiras e Deportivo La Guaira-VEN.

– Dorival mudou o sistema tático da equipe. O Ceará com Tiago Nunes jogava no 4-1-3-2, o Dorival colocou o 4-3-3 com três volantes e sem um atacante de referência: é o Lima pela direita, Mendoza na esquerda e Vina de falso 9. O Vina foi expulso contra o Palmeiras e não joga contra o Botafogo e essa é a grande dúvida na escalação. Será que mantém o esquema ou coloca o Zé Roberto, que é o centroavante de origem? - analisou André.

VERSATILIDADE E VELOCIDADE
Velocidade e rapidez ao contra-atacar. Essas são as ordens principais do Ceará ao conquistar a bola. O Vozão é um time muito vertical e que tem as pontas como principais expoentes dentro de campo. O jogo rápido e pelos lados - justamente um setor que o Botafogo sofreu contra o Corinthians, na estreia - deve entrar em evidência no Castelão.

+ Botafogo gasta R$ 65 milhões na primeira janela da 'Era Textor' e valor pode aumentar no futuro

– Um ponto forte do Ceará nos últimos jogos tem sido o ataque, foram sete gols marcados em três partidas, a defesa também vem bem, com apenas três gols sofridos. Tem tido um bom equilíbrio. O ponto fraco eu destacaria o lado direito da defesa caso jogue o Nino Paraíba. Ele tem sido titular, mas o Michel Macedo é um lateral que dá mais segurança. O Nino ataca muito bem mas deixa espaço - colocou.

Diante de um contexto positivo, Stiven Mendoza aparece com o holofote individual. O colombiano marcou dois gols nos últimos três jogos.

– O principal destaque do time é o Mendoza, artilheiro do time da temporada, tem seis gols marcados no ano, e fez uma grande partida contra o Palmeiras. Bruno Pacheco, lateral-esquerdo, também vem bem. O lado esquerdo do Ceará é muito forte, tanto ofensiva quanto defensivamente - completou.

La Guaira x Ceará - Vina comemorando gol
Vina será desfalque (Foto: Felipe Santos / Ceará SC)