Junior Alonso tem sido dos jogadores mais regulares no Atlético-MG

Junior Alonso tem sido dos jogadores mais regulares no Atlético-MG-(Bruno Cantini/Atlético-MG)

Valinor Conteúdo
23/10/2020
18:17
Belo Horizonte

Esta semana que antecede o jogo do Atlético-MG contra o Sport-PE, neste sábado, 24 de outubro, às 21h, no Mineirão, pela 18ª rodada do Brasileirão, foi de reflexão do setor defensivo do time mineiro. A derrota de virada para o Bahia, por 3 a 1, que culminou na perda da liderança do campeonato deixou a equipe e, principalmente o setor defensivo preocupados com os tropeços.

O Galo fez apenas quatro pontos em 12 disputados e viu Internacional e Flamengo assumirem as duas primeiras posições na tabela, com três pontos a mais do que o alvinegro(34 a 31).

Mesmo com esse cenário, o zagueiro Junior Alonso, falou que o time precisa ficar mais tranquilo em determinadas situações da partida, sem deixar de buscar pela vitória, uma característica bem definida do time comandado por Jorge Sampaoli.

- É um campeonato muito grande. No meu ponto de vista, não é bom perder, mas não vamos morrer porque perdemos uma partida. Se não me engano, ainda temos 21 jogos para fazer, quatro meses para jogar. Então, temos que ir passo a passo e aprender com os erros. Sabemos que estamos em um processo, pois chegaram jogadores novos. A ideia está muito clara sobre a nossa forma de jogar, e precisamos melhorar alguns detalhes. Tivemos erros no fim de semana passado, que resultaram na perda da partida. Hoje, estamos trabalhando para melhorar isso e poder ganhar a partida que temos-disse Alonso.

Diante do Sport, Alonso reforçou a importância de não se perder tantos gols como aconteceu na Bahia, além de conseguir manter a equipe estável na defesa.

- Será, com certeza, uma partida complicada, como todas. Sabemos que a maioria dos rivais estão esperando em seu campo de defesa, na frente do seu gol, para seguir com o contra-ataque. Temos que melhorar e tentar de jogar mais perto do rival, para evitar as transições. É algo que estamos treinando, cientes de que temos que melhorar. E acreditamos também que se aproveitarmos as chances de gols que tivermos e, se estivermos bem na defesa, poderemos ter um resultado melhor-concluiu.