icons.title signature.placeholder Marcello Vieira
27/11/2013
08:14

O Fluminense vive uma situação complicada a duas rodadas do fim do Campeonato Brasileiro. Na décima sexta posição na tabela, à frente do Coritiba - primeiro time na zona de rebaixamento - apenas pelo critério de desempate, o Tricolor tem o difícil e fundamental jogo contra o Atlético-MG no sábado, às 19h30, no Maracanã. Para superar as dificuldades, o time pode ter um fôlego extra. O LANCE!Net apurou que a Unimed irá premiar a equipe com R$ 1 milhão em caso de permanência na primeira divisão.

Por falar em premiação, a diretoria aguarda o desbloqueio das verbas referentes às transações internacionais e direitos de TV, que foram em parte penhoradas, para pagar o prêmio do título brasileiro de 2012, o que deve ocorrer nos próximos dias.

E MAIS
- Motivação extra? Diretoria do Fluminense coloca salários em dia

Cabe lembrar que no início da semana os salários atrasados foram pagos. O diretor executivo, Jackson Vasconcelos, falou sobre a obsessão do presidente Peter Siemsen de quitar agora o prêmio em débito citado, fato que pode até ocorrer antes do duelo contra o Galo.

– A primeira coisa que o Peter vai fazer quando o dinheiro que está bloqueado entrar é pagar esse prêmio. Para se ter uma ideia, o termo que ele usa é que o Fluminense vai devolver esse dinheiro aos jogadores. Isso pode até acontecer antes do jogo de sábado, mas não é o que vai definir o placar. O time está unido e focado para sair dessa situação e não é o prêmio que vai definir o resultado.