icons.title signature.placeholder Igor Siqueira
10/12/2013
11:50


O técnico do Atlético-PR, Vagner Mancini, que viu de perto a pancadaria no jogo do Furacão contra o Vasco, pela última rodada do Brasileirão, condenou a tentativa do Cruz-Maltino de, via ação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva, conseguir os pontos da partida e ficar na Série A.

- Como desportista, eu acho que não tem cabimento. O Vasco deveria ganhar dentro de campo, não só do Atlético. O Vasco não caiu no último jogo. Víamos a vontade de todos do Vasco, inclusive a diretoria que invadiu o campo, de que o jogo fosse interrompido para levar ao tapetão. O Vasco vai ter que botar a mão na consciência, que é um gigante, mas vai ter que passar pela Série B - afirmou Mancini, que participa nesta terça-feira do Footecon, no Rio de Janeiro.

Na visão do treinador, além de punir os clubes por causa da violência das torcidas, o STJD deveria dar uma lição por causa da tentativa de tapetão.

- O tribunal deve agir com rigor e passar ao Vasco que aquilo que aconteceu dentro de campo deve prevalecer - completou Mancini.

O Vasco prometeu entrar com ação nesta terça-feira, com o argumento de que a partida ficou mais tempo parada - 71 minutos - do que o limite previsto no regulamento geral de competições - 60 minutos.