icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/11/2013
06:00

O Cruzeiro terminou a 32ª rodada do Brasileirão com a mão na taça. A equipe mineiro derrotou o inconstante Santos por 1 a 0, na Vila Belmiro, com belíssimo gol de Everton Ribeiro, e pode conquistar o título no próximo fim de semana. Para isso acontecer, terá que vencer um rival direto, o Grêmio, no Mineiro, e torcer para o Atlético-PR, atual vice-líder, não superar o São Paulo, no Durival de Britto, em Curitiba. 

O Furacão é o único obstáculo da Raposa e isso deve-se ao triunfo que obteve em casa por 1 a 0 diante do Internacional. O Grêmio perdeu a segunda posição para os paranaenses ao ficar em um insosso empate por 0 a 0 com o Bahia, em Porto Alegre. O Botafogo caiu para o quarto lugar ao ser derrotado pelo Goiás, no Serra Dourada, por 1 a 0. Isso levou os goianos a ficarem com apenas um ponto a menos que o time da Estrela Solitária e passarem a ser a principal ameaça da equipe de Osvaldo de Oliveira por uma vaga no G4. 

Outro time que segue subindo é o São Paulo. O Tricolor, que semanas atrás brigava contra o rebaixamento, superou a Portuguesa por 2 a 1, no Morumbi, e já é o melhor paulista na classificação. O Corinthians, por sua vez, empatou pela 15ª vez na competição. A equipe até saiu na frente, mas cedeu empate ao Vitória, uma das surpresas da competição. 

A briga contra o rebaixamento está quente, com dois grandes cariocas se engalfinhando para fugir do desastre. O Vasco, na estreia do técnico Adilson Batista, derrotou o Coritiba por 2 a 1 e, apesar de ainda estar na zona da degola, tem a mesma pontuação do Fluminense, primeiro clube fora. O Tricolor perdeu o clássico para o Flamengo por 1 a 0 e viu sua situação complicar-se. Em confronto direto nessa briga, Criciúma e Ponte Preta ficaram no 1 a 1 e seguem no Z4.

No sábado, o Náutico tornou-se o primeiro rebaixado ao ser goleado pelo Atlético-MG por 5 a 0, no Independência.