icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/06/2014
15:30


A passagem de Diego Maradona pela TV argentina para comentar a Copa do Mundo tem dado o que falar. Após falar palavrões e dar o dedo médio à telinha, o ex-camisa 10 da seleção argentina detonou o rival histórico Pelé e o também ex-craque Franz Beckenbauer. De acordo com o "Pibe", os dois são "tarados" e apoiam o "mafioso" Joseph Blatter. Tudo porque eles apoiaram a sanção de nove jogos e quatro meses dada a Suárez após o uruguaio morder Chiellini em jogo do Mundial.

 - Estes dois saem do museu para dizer coisas estúpidas porque são tarados e fazem tudo a mando do mafioso. Estes dois personagens saíram do sarcófago e o pessoal lhes disse: 'Venham, falem bem da Fifa ou este mês não recebem' - acusou o ex-jogador e técnico no programa "De Zurda".

Maradona manifestou seu apoio a Suárez em outras oportunidades. No próprio programa que participa, ele já havia usado uma camiseta em apoio ao jogador uruguaio e disse que sua punição era "uma injustiça e uma vergonha". Além do tempo fora, Suárez foi multado em 100 mil francos suíços (R$ 247 mil).