icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/11/2013
14:23

Antes de definitivamente deixar o Manchester United em 2013, Sir Alex Ferguson havia decidido se aposentar no fim da temporada 2001-2002. E, segundo Sven-Goran Eriksson, então técnico da seleção inglesa, ele havia sido escolhido como o sucessor do escocês.

 - Antes da Copa de 2002, Pini Zahavi arranjou um encontro com Peter Kenyon (então diretor do United) a seu pedido. Chegando lá, ele me ofereceu o emprego do Manchester United. Sabia que seria criticado por deixar a Inglaterra, mas essa era uma oportunidade única. Assinei um contrato que prova que eu seria o novo técnico - comentou Eriksson ao "Daily Mail".

E MAIS:

> Veja outras notícias do futebol internacional
> Insatisfeito, Kagawa pode deixar o United
> Khedira pode trocar o Real Madrid pelo City

No entanto, Ferguson mudou de ideia no fim da temporada e permaneceu como técnico do Manchester United por mais 11 anos, batendo todos os recordes do futebol inglês e europeu. Eriksson treinou a Inglaterra em duas Copas do Mundo e uma Eurocopa, antes de deixar a seleção para seu sucessor e ex-auxiliar Steve McClaren.