icons.title signature.placeholder Felipe Domingues
10/11/2014
14:39

Esbanjando simpatia no paddock da Fórmula 1, a chefe da equipe Sauber, Monisha Kaltenborn, conversou com a reportagem do LANCE! e afirmou que aposta alto no futuro do brasileiro Felipe Nasr, contratado pela escuderia para a temporada 2015.

– Acompanhamos a carreira do Felipe há muito tempo. De tempos em tempos mantivemos contatos. Mostrou performances muito boas na Williams e na GP2 neste ano. Sabemos o quanto ele é bom, motivado e rápido – comentou a indiana.

Nasr participou da Fórmula 1 apenas em treinos livres nesta temporada, visto que o brasileiro atuou como piloto de testes da Williams.

A Sauber, conhecida por apostar em pilotos jovens, deposita grande esperança no vice-líder da GP2. A prova dessa filosofia de trabalho está na renovação feita para 2015, substituindo o alemão Adrian Sutil e o mexicano Esteban Gutiérrez por duas jovens promessas, Nasr e o sueco Marcus Ericsson, ex-Caterham.

– Nasr tem tudo que precisa para nos colocar à frente. Ele traz os ingredientes certos Nós estamos muito esperançosos  – disse Monisha.

Entre os pilotos que a Sauber lançou estão nomes como o brasileiro Felipe Massa, que estreou na F-1 em 2002, o finlandês Kimi Raikkonen, que teve como primeira escuderia a dos suíços, em 2001, e o alemão tetracampeão Sebastian Vettel, que iniciou a carreira em 2006, quando o time tinha parceria com a BMW.

– Nós tivemos um belíssimo período com um piloto brasileiro, e temos ótimas lembranças dele (Massa) e da torcida brasileira. Vai ser ótimo ter isso novamente – completou.

Apesar do retrospecto ruim ter aceso o sinal de alerta na Sauber, que não marcou nenhum ponto neste ano, a esperança de que a equipe forme mais um grande piloto é latente.

O brasiliense de 22 anos pode até não brigar na ponta em 2015, porém, quem sabe, possa mais para frente devolver a bandeira verde e amarela ao topo dos pódios na Fórmula 1.