icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
10/02/2015
19:56

Falou em Brasil e Argentina, logo se pensa na rivalidade entre os dois países, seja em qualquer esporte. Mas, a alta tensão vai ficar de lado, pelos menos na equipe Mg Bikes Yamaha Racing, que reúne dois pilotos de cada uma destas nações e que vai disputar a 18ª edição das 500 Milhas de Motovelocidade. O evento será nos dias 27, 28 de fevereiro e 1º de março, pela primeira vez no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR).

- Eu já conheço todos do time. A temporada inteira de 2014, no Moto 1000 GP, eu era da equipe dos argentinos. Eu era o único brasileiro, mas fui super bem recebido por todos. Digo até que eles são muito mais profissionais e ‘buena gente’ que muitos brasileiros -, revelou André Verissimo.

O paulistano é o mais experiente do time. Aos 34 anos, ele já disputou o SuperBike Series Brasil e Moto 1000 GP, principais campeonatos do país, na categoria 600cc. André terá como companheiros de equipe o gaúcho Pedro Sampaio e os portenhos Sebastian Martinez e Sergio Fasci.

- Temos uma ótima equipe. São quatro pilotos experientes, apesar de o Pedro ter apenas 17 anos, mas compete há bastante tempo. Temos chances de ser campeões e vamos brigar com a equipe do Peixer e Rafael Nunes -, afirmou o piloto.

A equipe Mg Bikes Yamaha Racing competirá nas 500 Milhas na categoria 600cc, com o modelo YZF-R6. A moto já é utilizada pelos quatro pilotos em provas no Brasil e exterior.

- Já estamos acostumados com a moto, então facilita. Temos uma ideia de como vai ser a corrida, pois participamos no fim do ano de uma prova na Argentina, com um formato parecido com das 500 Milhas. A única dúvida é em relação à troca de pneus, pois ainda não sabemos quanto voltas eles sofrerão desgaste no Autódromo de Curitiba. Teremos dois dias de treinos para checar tudo -, contou André.