icons.title signature.placeholder Felipe Mendes
24/03/2014
08:03

– A América Latina é nossa, agora queremos o mundo.

Assimo ala-armador Marcelinho Machado, eleito o melhor jogador (MVP) da Liga das Américas 2014, resumiu o novo sonho do Flamengo. Ao conquistar o inédito título da Libertadores do basquete, na noite de sábado, em vitória sobre o Pinheiros, o Rubro-Negro se credenciou para disputar o Intercontinental, em outubro, contra o campeão da Euroliga. O rival europeu, no entanto, ainda não está definido (mais detalhes abaixo).

Assim como o adversário, a sede do Intercontinental também não está escolhida. Mas a tendência é a de que seja no Rio de Janeiro. Dirigentes da Federação Internacional de Basquete (Fiba) nas Américas já conversaram com representantes da Euroliga e o anúncio oficial deve acontecer após a disputa do Final Four europeu, em maio.

Diretor Executivo de Esportes Olímpicos do Flamengo, Marcelo Vido vai trabalhar para confirmar a competição no Rio. E, entre o Maracanãzinho e a Arena HSBC, deve optar pelo primeiro ginásio, palco do Final Four da Liga das Américas.

– O Maracanãzinho é a casa do basquete brasileiro. Gostaríamos de seguir jogando aqui – afirmou.

Até hoje, já foram realizadas 22 edições do Intercontinental, considerado o Campeonato Mundial Interclubes. O Brasil já disputou o título em oito ocasiões, mas só venceu uma única vez. Já são sete vices.

Em 1979, em outro formato, o Sírio, jogando em São Paulo, foi campeão jogando contra o Bosna, da Iugoslávia, o Emerson Pallacanestro Varese, da Itália, o Piratas de Quebradilla, de Porto Rico, e o MoKan All-Stars dos Estados Unidos.

– Acho possível ganharmos. Estamos acostumados a pensar grande, a querer coisas grandes. O Flamengo merece isso. Nossos jogadores têm uma postura e uma conduta para isso. Vamos trabalhar para tornar esse sonho realidade – afirmou o técnico do Rubro-Negro, José Neto.

Foco do Fla volta a ser o tri do NBB

Com o inédito troféu da Liga das Américas garantido, o foco do Flamengo volta a ser o tricampeonato do Novo Basquete Brasil (NBB). Campeão da primeira edição, em 2008/2009, e da última, em 2012/2013, o Rubro-Negro lidera a fase de classificação restando cinco jogos para disputar.

– Vamos desfrutar deste título, comemorar bastante e pensar daqui para frente. Precisamos garantir a primeira colocação. O Paulistano está muito bem. Depois é encarar os playoffs – disse o técnico José Neto.

Atualmente, o Flamengo lidera o NBB com 81,5% de aproveitamento. O rival paulista tem 73,3%. O próximo adversário do Rubro-Negro será na quinta-feira, contra o Uberlândia, no Tijuca, no Rio de Janeiro.


Bate-Bola:

Marcelinho Machado
Ala-armador do Flamengo

É possível para o Flamengo conquistar o Intercontinental?
O Flamengo pode tudo. O clube sempre sonha alto. Se for no Rio, estaremos em vantagem. Teremos seis contra cinco. A torcida foi o primeiro elemento contra o Pinheiros. Os jogadores entraram depois.

Mas o basquete europeu é mais forte do que o brasileiro, não?
Sim, existe uma diferença de qualidade. O basquete europeu é o mais forte do mundo, desconsiderando a NBA. Mas são dois jogos, provalvemente no Rio. Por que não?

A Liga das Américas é chamada de a Libertadores do basquete. O Flamengo venceu a competição no futebol em 1981 e foi campeão do mundo no mesmo ano. É uma referência?
Sim, temos que ter como referência pois vivemos no país do futebol. Por mais que meu pai tenha sido jogador de basquete, vejo pelo meu filho, que gosta muito de basquete, mas futebol é a paixão nacional. Eu mesmo cresci no Maracanã, torcendo pelo Flamengo. Era pequeno nas conquistas de 1981. Mas, se o futebol ganhou, por que nós também não podemos sonhar com isso?

Você está com 38 anos e a vontade de ganhar não muda...
Quero mais. No dia que eu não quiser mais, paro de jogar. Meu primeiro título pelo Flamengo foi aqui no Maracanãzinho. Em 2007, vencemos o Campeonato Carioca contra o Vasco, que tinha os jogadores do Brasília. E tive outras conquistas marcantes, como a Liga Sul-Americana e os dois NBBs.


Euroliga:

Fase atual
Está na segunda fase, com 16 clubes em dois grupos de oito. Os quatro melhores de cada vão para os playoffs melhor de cinco. Os quatro passam para a disputa do Final Four em semifinal e final de jogo único. A decisão será no dia 18 de maio.

Equipes
O Barcelona, de Marcelinho Huertas e Juan Carlos Navarro, e o EA7 Emporio Armani Milan já garantiram a vaga nos playoffs, no Grupo E. No Grupo F, Real Madrid e CSKA Moscou também estão garantidos. O Olympiacos, que venceu o Pinheiros em 2013, ainda luta por uma das vagas no Grupo E.