icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/08/2015
21:11

A seleção mexicana especulou com técnicos como Marcelo Bielsa, que deixou o Olympique de Marselha recentemente, e Juan Carlos Osorio, do São Paulo. Mas enquanto não define quem vai comandar a equipe, foi apresentado o brasileiro Ricardo Ferretti, que levou o Tigres à final da Copa Libertadores, mas acabou perdendo para o River Plate. Tuca adiantou que não vai ter remuneração e que tem um objetivo claro, e explicou os motivos de não assumir definitivamente.

- Não me vejo com a possibilidade de cumprir com todo o processo. Eu propus tomar as rédeas da seleção nas próximas quatro partidas com o objetivo de conquistar a vaga na Copa das Confederações - disse o carioca em entrevista coletiva:

- Eu tenho um compromisso. Já tenho cinco anos de entrega com o Tigres e tenho contrato por mais três, e essa é a razão com que não posso ficar definitivamente com a seleção.

O México disputa a vaga na Copa das Confederações em um playoff em partida única contra os Estados Unidos. A seleção de Tuca Ferretti entra como campeão da Copa Ouro deste ano, enquanto os americanos levaram o título em 2013. A partida será no dia 10 de outubro em Pasadena. O treinador garantiu que vai conseguir conciliar os seus dois trabalhos.

- A partir de domingo sou técnico da seleção e não terei nenhuma distração. Não terei nada a ver com o Tigres enquanto estiver na seleção. Não há remuneração econômica, para todos que vêm na comissão técnica - garantiu.

A seleção mexicana especulou com técnicos como Marcelo Bielsa, que deixou o Olympique de Marselha recentemente, e Juan Carlos Osorio, do São Paulo. Mas enquanto não define quem vai comandar a equipe, foi apresentado o brasileiro Ricardo Ferretti, que levou o Tigres à final da Copa Libertadores, mas acabou perdendo para o River Plate. Tuca adiantou que não vai ter remuneração e que tem um objetivo claro, e explicou os motivos de não assumir definitivamente.

- Não me vejo com a possibilidade de cumprir com todo o processo. Eu propus tomar as rédeas da seleção nas próximas quatro partidas com o objetivo de conquistar a vaga na Copa das Confederações - disse o carioca em entrevista coletiva:

- Eu tenho um compromisso. Já tenho cinco anos de entrega com o Tigres e tenho contrato por mais três, e essa é a razão com que não posso ficar definitivamente com a seleção.

O México disputa a vaga na Copa das Confederações em um playoff em partida única contra os Estados Unidos. A seleção de Tuca Ferretti entra como campeão da Copa Ouro deste ano, enquanto os americanos levaram o título em 2013. A partida será no dia 10 de outubro em Pasadena. O treinador garantiu que vai conseguir conciliar os seus dois trabalhos.

- A partir de domingo sou técnico da seleção e não terei nenhuma distração. Não terei nada a ver com o Tigres enquanto estiver na seleção. Não há remuneração econômica, para todos que vêm na comissão técnica - garantiu.