Gabriel Carneiro
09/01/2017
15:33
São Paulo (SP)

Atual jogador do Corinthians, Marlone viveu um dia de estrela em Zurique, na Suíça, sede da Fifa e onde foi realizada a premiação dos melhores jogadores do mundo em 2016. O brasileiro concorreu à eleição de gol mais bonito do mundo, perdeu, mas participou de todos os eventos promovidos pela entidade nesta segunda-feira. Inclusive de uma partida de futebol que teve como principal estrela o ídolo argentino Diego Maradona.

Foram quatro times escalados para a pelada, e o time de Marlone venceu três partidas e foi campeão - Puyol, o capitão, foi quem ergueu a taça. Quando enfrentou Maradona, inclusive, houve uma cena curiosa: os organizadores da Fifa tiraram os melhores jogadores do time de Marlone para que o argentino pudesse vencer, e o brasileiro foi um deles. A maioria dos participantes do campeonatinho eram dirigentes da Fifa ou ex-jogadores. 

Além de Maradona e Puyol, Marlone também tietou outras personalidades, como o goleiro alemão Neuer, o melhor do mundo Cristiano Ronaldo, o ex-lateral Roberto Carlos e até mesmo Florentino Pérez, presidente do Real Madrid. Negociações avançadas para 2017? Por enquanto não...

- Queria agradecer a todos que votaram em mim, em especial a Fiel torcida do Corinthians. É motivo orgulho muito grande estar representando o clube aqui entre os melhores do mundo. Sem dúvida a Fiel votou em peso, então saio de cabeça erguida e com o sentimento de vitorioso só de estar aqui entre as maiores feras do futebol mundial. Só tenho que agradecer à torcida. E vai Corinthians! - disse o jogador, em vídeo divulgado após a premiação.

Marlone participou da premiação da Fifa usando no terno um bottom do Corinthians, clube que defende e tem contrato até o fim de 2019.