Willian operou o joelho direito em dezembro e só volta a jogar no segundo semestre

Willian operou o joelho direito em dezembro e só volta a jogar no segundo semestre (Agência Palmeiras/Divulgação)

William Correia
19/04/2019
12:13
São Paulo (SP)

A imprensa não pôde acompanhar nenhum minuto do treinamento do Palmeiras nesta sexta-feira, na Academia de Futebol, mas, ao final da manhã, foi possível ver Willian no gramado. Em processo de recuperação depois de cirurgia no joelho direito, em dezembro, o atacante chegou a tocar na bola.

Não é a primeira vez que o jogador faz esse trabalho, mas foi a sua primeira aparição pública. Acompanhado de Jomar Ottoni, coordenador de fisioterapia do clube, Willian deu piques, alterno velocidade e movimentações e até bateu na bola com os dois pés.

O trabalho faz parte ainda do processo de recuperação do atacante. Ele rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito em 25 de novembro, quando deu o passe para Deyverson fazer o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, que garantiu o título brasileiro ao Palmeiras. Foi operado em dezembro e nem foi inscrito no Campeonato Paulista ou na Libertadores, já que, na melhor das hipóteses, só volta a atuar depois da Copa América.

- O Willian vem se recuperando muito bem. Temos acompanhado a evolução dele e torcemos para melhorar e voltar o quanto antes. É uma peça importante para nós. Sabemos o potencial que ele tem e o cara importante que é para o grupo. Torço para dar uma acelerada no processo e estar no nosso grupo logo - disse o meia Zé Rafael, que concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira.

Além de Willian, os jornalistas puderam ver, também, os goleiros no gramado da Academia de Futebol. Não foi possível ver nada da atividade comandada pelo técnico Luiz Felipe Scolari. Os treinamentos de sábado e domingo também serão completamente fechados.

O próximo compromisso do Palmeiras é na quinta-feira, às 23h (horário de Brasília), diante do Melgar, no Peru, pela quinta rodada do Grupo F da Libertadores. O Verdão está em segundo lugar na chave, com nove pontos, um abaixo do argentino San Lorenzo.