Argentina leva ouro no Pan 2019

Divulgação

LANCE!
05/08/2019
11:54
Lima (PER)

A Argentina não deixou Cuba jogar. Com um jogo veloz, de poucos erros, muito volume e eficiência no ataque, o time comandado pelo técnico Horácio Dileo – treinador do Vôlei Renata, de Campinas (SP) – derrotou os cubanos por 3 sets a 0 – parciais de 25-20, 25-17 e 25-20 -, conquistando o terceiro ouro pan-americano da história do país, na noite deste domingo, em Lima, no Peru.

Foi o segundo ouro seguido dos sul-americanos, que em Toronto-2015 derrotaram o Brasil por 3 sets a 2, de virada, depois de estarem perdendo por 2 a 0.

O oposto argentino Germán Johansen foi o maior pontuador do jogo, ao lado do ponteiro cubano Miguel Castro, com a mesma pontuação. Johansen foi o MVP do Campeonato Mundia Sub-23, conquistado pela Argentina, com a vitória sobre a Rússia na final. Neste torneio, outros jogadores que se destacaram neste Pan também conquistaram premiações individuais, como o levantador Matias Sanchez, que nesta temporada vai defender o Sesc RJ, além dos brasileiros Matheus Bispo (central) e Rogerinho (líbero), ambos do Fiat/Minas e destaques da campanha do bronze do Brasil em Lima.

O ponteiro Jan Martinez, uma das jovens promessas do voleibol argentino, também contratado pelo Sesc RJ para a temporada 2019/2020, marcou 12 pontos.

Mais cedo, a Seleção Brasileira derrotou o Chile por 3 sets a 0 (25-12, 25-19, 25-21) e ficou com o bronze, completando o pódio da edição de 2019 do Pan-Americano. A Argentina encerra sua participação em Lima com cinco vitórias e apenas um set perdido – na semifinal, para o Chile.